Se passando por sua filha de 12 anos, uma moradora do Parque Universitário, em Rondonópolis, cidade a 218 quilômetros de Cuiabá, em Mato Grosso, descobriu que a adolescente estava sendo assediada. Ela registrou um boletim de ocorrência neste domingo (17).

Segundo informações que constam no boletim de ocorrência, a Mulher –que não teve seu nome revelado– percebeu que sua filha estava recebendo um grande número de mensagens em seu aparelho celular. Desconfiada, ela começou a conversar pelo aplicativo com a pessoa que enviava as mensagens, um rapaz de 29 anos, mas se passando pela adolescente.

Suspeito aparece sem roupa em videochamada

Durante a conversa, o homem solicitou uma chamada de vídeo e a mulher ao atender se deparou com ele completamente sem roupas dentro de um banheiro. Ao ver que estava conversando com a mulher e não com a menina, o rapaz rapidamente encerou a chamada de vídeo.

Após isso a mulher acionou a Polícia Militar, que enviou uma viatura até sua casa e a encaminhou junto com sua filha para a delegacia da cidade. De acordo com a Polícia Judiciária Civil (PJC), as duas foram ouvidas pelo delegado plantonista. O procedimento foi enviado para a Delegacia Especializada da Mulher um inquérito policial foi instaurado para apurar o caso.

Três da mesma família morem em acidente

Três pessoas da mesma família morreram neste domingo (17), após um acidente ocorrido uma estrada na zona rural de Nova Canaã do Norte, cidade que fica na região norte de Mato Grosso. As vítimas, de acordo com a Polícia Civil, são Gentil Rodrigues de Oliveira, 54 anos, e seus sobrinhos, Elis Valéria de Oliveira, de 33 anos, e Glauber Pyramon de Oliveira, de 39 anos.

Elis trabalhava como enfermeira do Hospital Regional de Colíder, enquanto que seu irmão, Glauber, era professor de biologia em Colíder. O filho de Elis, de 12 anos, também estava no veículo e foi levado ao Hospital Regional de Colíder, em estado grave e com fraturas.

De acordo com informações das autoridades, as vítimas estavam em um Fiesta que bateu de frente em uma caminhonete.

Nenhum dos três ocupantes desse segundo veículo sofreu ferimentos. A Polícia Civil investiga as causas do acidente. Informações preliminares dão conta que o motorista do Fiesta perdeu o controle e bateu na Hilux e todos os ocupantes do carro foram arremessados para fora.

A morte das três pessoas causou comoção na cidade de Colíder e a prefeitura emitiu uma nota de pesar e decretou luto oficial de três dias. Na manhã desta segunda-feira, os corpos foram encaminhados para a cidade de Sinop onde seriam realizados exames de necropsia e foram divulgadas informações sobre os sepultamentos.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!