Uma enfermeira, que cumpria isolamento social por estar com suspeita de Covid-19, foi presa na noite desta sexta-feira (12), após furar a quarentena para ver o namorado e acabar brigando com ele. O caso aconteceu na cidade de Denise, a 208 quilômetros de Cuiabá, em Mato Grosso.

De acordo com informações passadas pelas autoridades, a Mulher, que não teve o nome e a idade revelados, é moradora de Barra do Bugres, a 169 quilômetros da capital. Com suspeita de estar infectada pelo novo coronavírus, ela deveria estar em isolamento social, mas descumpriu a medida e viajou até a cidade vizinha para ver seu namorado.

Segundo a Polícia, populares acionaram a corporação dando conta de que um casal estava brigando dentro de um estabelecimento comercial. Os policiais foram até o local indicado e se depararam com eles, que já estavam dentro de um carro.

Ao fazerem a abordagem os policiais perceberam que a mulher estava com alguns arranhões, ferimentos perto do rosto e do olho e as roupas rasgadas. Já o homem, que estava embriagado e bastante agressivo, foi algemado e seria levado para a delegacia junto com a mulher, que prestaria depoimento.

Tentou provocar acidente

No caminho a enfermeira começou a fazer ameaças contra os policiais, afirmando que eles estariam mortos e presos às ferragens. Em dado momento ela puxou o volante da viatura, fazendo com que o veículo saísse da pista, mas o motorista foi habilidoso e conseguiu retomar o controle antes que houvesse um acidente.

A tentativa de provocar o acidente fez com que a mulher também fosse algemada. Na delegacia ela disse que estava com coronavírus e por isso deveria estar isolada em sua casa, mas viajou para ver o namorado. Um exame comprovará se a mulher de fato está com a Covid-19.

De acordo com o último boletim divulgado pela secretaria de Saúde, o estado do Mato Grosso já tinha mais de 5 mil casos confirmados de coronavírus e 181 mortos.

Bituca causa incêndio em garagem de prédio

Uma bituca de cigarro, possivelmente atirada por um morador, foi a causa de um incêndio ocorrido na garagem de um prédio de no centro de Tangará da Serra, cidade a 242 quilômetros de Cuiabá.

O edifício possui apartamentos e salas comerciais. O proprietário do imóvel acredita que o fogo tenha começado após um morador atirar uma bituca, mas as causas do fogo ainda serão investigadas.

No local havia pedaços de madeira e outros objetos, o que ajudou a propagar as chamas. Os moradores ainda conseguiram retirar um veículo que estava no local e outros objetos antes da chegada do Corpo de Bombeiros, que impediram que o incêndio se espalhasse para os apartamentos. Ninguém ficou ferido e houve apenas a perda de pedaços de madeira, metais e outros objetos.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!