No ano de 2010 ocorreu um dos crimes de maior repercussão no cenário nacional. A modelo Eliza Samudio foi morta e teve seu corpo ocultado por seus algozes. No centro do assassinato, o nome do goleiro Bruno Fernandes, que, segundo conclusão da Justiça, teria sido o mandante do crime. Bruno foi condenado e atualmente cumpre pena em regime semiaberto. Bruninho Samudio, filho de Eliza e Bruno, mora atualmente na companhia da avó, Sônia Moraes.

Na última semana, o menino gravou um áudio para a equipe do site ContilNet e falou sobre a contratação de Bruno pelo time Rio Branco Futebol Clube, do Acre.

Em um forte depoimento, o menino afirmou que o pai deveria estar em prisão perpétua e contou que se sentia ameaçado por sua liberdade.

No último domingo (9), Bruno usou suas redes sociais para publicar uma foto ao lado dos filhos em homenagem ao Dia dos Pais. Um internauta afirmou que faltaria a presença de Bruninho. O goleiro respondeu o seguidor dizendo que precisaria esperar o exame de DNA para publicar fotos ao lado do menino.

Mãe de Eliza dispara contra o goleiro

Em entrevista ao jornal Extra, Sônia Moraes, mãe de Eliza Samudio, desabafou após tomar conhecimento das declarações de Bruno sobre o teste de paternidade. "Minha filha Eliza não tem as suas mãos sujas com sangue de ninguém", disse Sônia.

A mãe da modelo revelou, ainda, que sempre se ofereceu para realizar o exame de DNA, inclusive oferecendo seu próprio material genético, bem como o do neto.

A avó de Bruninho afirmou que Bruno sempre se recusou a fazer o teste, alegando que saberia que o menino seria seu filho. Sônia revelou que em 2014 Bruno entrou com um pedido de exame de DNA, porém, exigia que o teste fosse realizado em Minas Gerais: "Por que fazer esse exame em Minas Gerais se o domicílio do meu neto é aqui em Campo Grande?", questionou.

Sobre um possível aproximação entre pai e filho futuramente, Sônia afirmou que não iria se opor à vontade do neto, porém, até o momento, o menino não teria manifestado o desejo de conviver com o pai.

Verdade sobre o que houve com a mãe

Em entrevista concedida ao jornal Extra, Sônia Moraes descreveu o dia em que contou ao neto sobre o que havia acontecido com a mãe.

A avó de Bruninho revelou que sempre dizia ao neto que lhe contaria toda a verdade quando ele desejasse.

Sônia revelou que Bruninha teria ficado bastante assustado com a história, embora ela não tenha contado tudo com riqueza detalhes. A mãe da modelo disse, ainda, que fazia de tudo para o neto não ter acesso a tudo o que houve com mãe, mas que mais cedo ou mais tarde ele iria descobrir. Cabe ressaltar que até os dias de hoje o corpo de Eliza não foi encontrado pela polícia.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!