Um menino de apenas 3 anos e 9 meses foi protagonista de uma história com final feliz. Ele salvou a vida de um amigo da mesma faixa etária que caiu na piscina. O fato aconteceu no início do mês de agosto, porém ficou conhecido apenas depois que a mãe da criança divulgou o vídeo nas redes sociais.

O caso

O pequeno herói Arthur brincava na beira da piscina, quando o filho do caseiro, o pequeno Henrique, de apenas 3 anos e meio, se aproximou para brincar e, ao ver um brinquedo que queria na água, esticou os bracinhos para tentar pegar e acabou caindo na piscina.

Na gravação feita pelas câmeras de segurança, Arthur pode ser visto olhando em volta, procurando alguém que pudesse ajudar, porém, ao perceber que estavam sozinhos e seu amiguinho estava se debatendo na água, ele se aproximou, esticou seus braços com bastante esforço até que conseguiu alcançá-lo e puxá-lo pela mão.

Mãe de Arthur

Poliana Console de Oliveira, a mão do herói Arthur, relatou que as coisas aconteceram muito rápido. Ela disse que deixou seu filho brincando no gramado e foi até a frente de sua casa buscar algo, e quando voltou percebeu que Henrique estava chorando perto da piscina. Poliana não entendia o que estava acontecendo até que o menino disse: "o Arthur me salvou".

Ainda sem entender, ela lembrou da existência das câmeras de segurança e, ao observar a imagem, viu tudo que tinha acontecido e afirma que foi coisa de Deus.

Alerta

Ainda de acordo com Poliana, o tempo em que tudo aconteceu foi mais ou menos de 10 segundos, porém, para quem assiste o vídeo a sensação é muito mais loga, como se fosse uma eternidade.

Em suas publicações nas redes sociais, a mãe de Arthur decidiu usar a situação para realizar um alerta para as famílias que têm piscina e crianças em casa. Para a mãe, o final desta história foi feliz graças ao pequeno herói Arthur, mas tudo poderia ser diferente por 30 segundos, por apenas um momento de descuido.

Henrique, o filho do caseiro, saiu de casa sem que sua mãe fosse avisada, e foi direto para perto da piscina.

Quarentena

Arthur e sua família estão cumprindo este período de quarentena em um sítio, devido a alguns problemas respiratórios que ele apresenta. Entre as comorbidades, o pequeno herói tem asma, o que o torna uma pessoa do grupo de risco da contaminação por coronavírus.

Homenagem

O pequeno herói, que sonha em ser policial, foi homenageado pela Polícia Militar. Os agentes foram até o sítio e realizaram uma surpresa para Arthur.

O sargento Silvino disse à Arthur que ele era um instrumento divino, e que o mundo precisa de mais heróis assim como ele. O menino ganhou uma cesta repleta de chocolates e um certificado acompanhado de um troféu: "De Herói, para Herói".

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!