A pandemia do novo coronavírus (covid-19) com certeza modificou a vida das pessoas em vários aspectos. E nos cuidados com os cabelos não é diferente. Hábitos especiais de higiene devem ser incluídos na rotina atual, para a proteção da própria pessoa e de outros à sua volta.

Estudos revelaram que o coronavírus repousa e permanece por algumas horas sobre diversos tipos de superfícies. Portanto, existe o risco de a superfície do cabelo ser contaminada pelo vírus. Assim, caso o cabelo esteja contaminado, e a pessoa venha a passar as mãos nos fios e depois levá-las ao nariz ou à boca, ela pode ser infectada.

É importante evitar o hábito de ficar passando as mãos nos cabelos quando se está na rua. Segundo entrevista da infectologista Ana Helena Germoglio, dada a Bethânia Nunes, do portal Metrópoles, é recomendado que as mulheres prendam os cabelos para diminuir a superfície que possa vir a ter contato com o vírus, e que, quando voltarem para casa, lavem os cabelos.

A tricologista Viviane Coutinho, também em entrevista a Bethânia Nunes, recomenda que os cabelos sejam lavados sempre na volta para casa. Portanto, tanto cabelos longos como curtos devem ser lavados sempre que a pessoa volta para casa. Mas como deve ser feita a lavagem?

Como lavar os cabelos corretamente

É essencial o uso de shampoo. Ele age de maneira semelhante ao sabão, eliminando o vírus.

O diretor de educação da Alfaparf Group, Danilo Carvalho, recomenda molhar bem os cabelos, e daí aplicar o shampoo começando pela nuca, depois laterais, e por fim no alto da cabeça, e daí enxaguar totalmente. Além disso, o correto para uma limpeza mais completa é aplicar duas vezes o shampoo nos cabelos.

Em vista do maior número de lavagens, é preciso redobrar os cuidados para evitar o ressecamento dos fios. É muito importante fazer bons tratamentos, com condicionadores e máscaras adequadas ao tipo de cabelo. Ter um cronograma capilar que inclua hidratação, nutrição e reconstrução é bastante útil. Usar leave-in com proteção térmica também pode ajudar a proteger os fios das agressões do secador, chapinha ou babyliss.

Cuidar da saúde do couro cabeludo também é fundamental. O uso de tônicos capilares e óleos vegetais podem ajudar a manter o couro cabeludo saudável. Evitar lavar os cabelos em água muito quente também ajuda a preservar a saúde do couro cabeludo e evitar a caspa.

Vale relembrar também os outros cuidados de higiene que devem se tornar hábitos: lavar corretamente as mãos com água e sabão, usar álcool em gel 70% para higienizar as mãos quando não for possível a lavagem com água, usar máscaras para a proteção do nariz e da boca, evitando colocar as mãos na parte de fora da máscara, manter o distanciamento social, bem como evitar as aglomerações.

Desses modos, será possível passar com êxito por esse período de pandemia, usando todos os meios de prevenção possíveis.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!