Na última quinta-feira (10), o instituto de pesquisa Capgemini publicou dados do World Wealth Report de 2020, que informa que o número de milionários no Brasil cresceu cerca de 7%. O país é o 18º com o maior número de milionários no mundo, a frente de países ricos como a Áustria e a Suécia.

Os primeiros colocados no ranking dos milionários são Estados Unidos –com 6 milhões–, Japão, Alemanha e China, que juntos concentram cerca de 62% da população HNWI (sigla usada para indivíduo que possui um patrimônio líquidos ou em investimentos superior a US$ 1 milhão).

Crescimento da população milionária entre 2018 a 2019

Entre 2018 e 2019, o total da população milionária subiu 8,8% em todas as regiões do mundo. Em 2018, esse total era de 18 milhões de pessoas. Em 2019, o número subiu para 19,6 milhões de milionários. A riqueza total está em torno de US$ 74 trilhões, sendo que na América Latina teve uma alta de 2,7%.

O levantamento do World Wealth Report mostrou que a América do Norte teve um crescimento de 10,9% e em segundo lugar estar o Oriente Médio com 9,3%. Foi a primeira vez desde 2012 que a região da Ásia-Pacífico não liderou a lista. Levando em consideração esse período, a América Latina teve um crescimento de 4,4%.

De acordo com o relatório, o aumento se deveu ao fato da existência de maior confiança nos Negócios devido ao aumento das tensões comerciais, bem como as agitações geopolíticas que impactaram as decisões de investimentos no comércio global.

Segundo os analistas, a mudança é notável graças ao otimismo no desempenho do setor de tecnologia, que tem acomodado a política monetária em várias regiões globais, acalmando assim as tensões no mercado de capitais.

Relatório da queda de milionários em 2018

O relatório realizado em 2019, justificou a queda de milionários em 2018. A guerra comercial entre os Estados Unidos e a China culminou na derrubada do desempenho econômico da China, e no Brexit, em decorrência das oscilações existentes, na época, em todo o mercado europeu.

Esse fator culminou na primeira queda após sete anos consecutivos de alta no ranking de crescimento dos milionários ao redor do mundo.

Impacto da Covid-19 no ranking de milionário globais

Para verificar se a pandemia da Covid-19 teve impacto na economia em questão é preciso esperar o balanço do próximo ano. No primeiro trimestre de 2020, houve uma contração de US$ 18 trilhões no mercado global, devido ao fechamento do comércio global.

Estima-se que tenha havido uma redução de até 8% na riqueza global até o fim de abril deste ano.

Siga a página Negócios
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!