Aproveitando o bom momento na liga norte-americana de basquete (NBA), o Milwaukee Bucks superou o Portland Trail Blazers, nesta quinta-feira (21), por 137 a 129, no Fiserv Forum. Com o sucesso obtido em casa, os Bucks chegaram à sexta vitória consecutiva, e se tornaram líderes da Conferência Leste.

Um dos destaques da partida foi o grego Giannis Antetokounmpo, o jogador de 2,11m de altura foi responsável por 24 pontos, 15 assistências e 19 rebotes, esta marca obtida equivaleu ao seu 16º triplo-duplo na carreira. Além dele, que é o principal astro da franquia de Wisconsin, e atual MVP (atleta mais importante da temporada passada, 2018-2019), outra peça também chamou a atenção: o armador Eric Bledsoe fez 30 pontos.

Do lado dos visitantes, a ausência de Damian Lillard, por dores nas costas, dificultou a tarefa de tentar frear a empolgação e o rendimento do adversário, mesmo com as presenças de CJ McCollum, cestinha do duelo com 37 pontos, e Carmelo Anthony, que apresentou boa performance ofensiva.

Carmelo Anthony

O camisa 00, de 35 anos, do Portland fez seu segundo jogo na competição, e melhorou seus números em relação à primeira aparição contra o New Orleans Pelicans, na terça-feira (19), na ocasião seu grupo saiu derrotado por 115 a 104, e Carmelo anotou 10 pontos, não deu nenhuma assistência e pegou 4 rebotes, durante os 24 minutos em quadra; já no enfrentamento com o Milwaukee, ele permaneceu maior tempo na disputa, registrando 18 pontos, 4 assistências e 7 rebotes, em 29 minutos.

História do jogo

O técnico Mike Budenholzer formou seu quinteto inicial com Giannis Antetokounmpo, Wesley Matthews, Brook Lopez, Donte DiVincenzo e Eric Bledsoe. Seu rival, sob o comando do treinador Terry Stotts, veio com Carmelo Anthony, Rodney Hood, Anthony Tolliver, Gary Trent Jr. e CJ McCollum.

No primeiro quarto, Antetokounmpo demostrou seu repertório, dando passes precisos, matando bola de longa distância, brigando pelos rebotes e infiltrando no garrafão para atacar, seu parceiro Bledsoe o auxiliou nas tramas da franquia, dividindo a tarefa de municiar o ataque, 37 a 27, a favor dos anfitriões.

A etapa seguinte permaneceu com superioridade dos Bucks, que concluíram com êxito alguns arremessos do perímetro. CJ McCollum e Carmelo Anthony tentavam não deixar a diferença no placar se estender demais, e Skal Labissiere exercia bem sua função. O haitiano, inclusive, deixou Brook Lopez para trás, em um lance, e enterrou com estilo.

No último momento deste período, Lopez se redimiu evitando outra cravada do Portland Trail Blazers, desta vez com Carmelo, o camisa 11 subiu junto com ele e pôs a mão na bola, aplicando um toco perfeito.

72 a 58, para o Milwaukke Bucks.

Passado o intervalo, os Blazers voltaram com disposição para encurtar a vantagem na contagem, e fizeram 40 pontos no terceiro quarto, entretanto, ficou 107 a 98, para o time mandante; CJ Mc Collum exerceu com propriedade sua liderança técnica, à frente da reação.

No último período Giannis e Eric Bledsoe continuaram se exibindo em alto nível, e não permitiram que houvesse a virada do oponente, 137 a 129, e alegria dos fãs do Milwaukke, que comemoram além da superioridade no jogo, o revés do Boston Celtics para o Los Angeles Clippers, por 107 a 104, ontem (21), no Staples Center.

A infelicidade dos Celtics fora de seus domínios, possibilitou a ultrapassagem da franquia do Estado de Wisconsin, agora, primeira colocada, com 12 vitórias em 15 encontros.

Melhores em quadra

  • Bucks- Giannis Antetokounmpo, 24 pontos, 15 assistências e 19 rebotes (triplo-duplo); Eric Bledsoe, 30 pontos, 6 assistências e 4 rebotes; Pat Connaughton, 18 pontos, 2 assistências e 4 rebotes.
  • Blazers- CJ McCollum, 37 pontos, 10 assistências e 6 rebotes (duplo-duplo); Skal Labissiere, 22 pontos, 3 assistências e 12 rebotes (duplo-duplo); Carmelo Anthony, 18 pontos, 4 assistências e 7 rebotes.

Próximos compromissos

  • Milwaukee Bucks e Detroit Pistons, sábado (23), às 22h30 (horário de Brasília), no Fiserv Forum.
  • Cleveland Cavaliers e Portland Trail Blazers, sábado (23), às 22h (horário de Brasília), na Quicken Loans Arena.
Siga a página NBA
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!