Aproveitando o bom momento na liga norte-americana de basquete (NBA), o Milwaukee Bucks superou o Portland Trail Blazers, nesta quinta-feira (21), por 137 a 129, no Fiserv Forum. Com o sucesso obtido em casa, os Bucks chegaram à sexta vitória consecutiva, e se tornaram líderes da Conferência Leste.

Um dos destaques da partida foi o grego Giannis Antetokounmpo, o jogador de 2,11m de altura foi responsável por 24 pontos, 15 assistências e 19 rebotes, esta marca obtida equivaleu ao seu 16º triplo-duplo na carreira.

Além dele, que é o principal astro da franquia de Wisconsin, e atual MVP (atleta mais importante da temporada passada, 2018-2019), outra peça também chamou a atenção: o armador Eric Bledsoe fez 30 pontos.

Do lado dos visitantes, a ausência de Damian Lillard, por dores nas costas, dificultou a tarefa de tentar frear a empolgação e o rendimento do adversário, mesmo com as presenças de CJ McCollum, cestinha do duelo com 37 pontos, e Carmelo Anthony, que apresentou boa performance ofensiva.

Carmelo Anthony

O camisa 00, de 35 anos, do Portland fez seu segundo jogo na competição, e melhorou seus números em relação à primeira aparição contra o New Orleans Pelicans, na terça-feira (19), na ocasião seu grupo saiu derrotado por 115 a 104, e Carmelo anotou 10 pontos, não deu nenhuma assistência e pegou 4 rebotes, durante os 24 minutos em quadra; já no enfrentamento com o Milwaukee, ele permaneceu maior tempo na disputa, registrando 18 pontos, 4 assistências e 7 rebotes, em 29 minutos.

História do jogo

O técnico Mike Budenholzer formou seu quinteto inicial com Giannis Antetokounmpo, Wesley Matthews, Brook Lopez, Donte DiVincenzo e Eric Bledsoe. Seu rival, sob o comando do treinador Terry Stotts, veio com Carmelo Anthony, Rodney Hood, Anthony Tolliver, Gary Trent Jr. e CJ McCollum.

No primeiro quarto, Antetokounmpo demostrou seu repertório, dando passes precisos, matando bola de longa distância, brigando pelos rebotes e infiltrando no garrafão para atacar, seu parceiro Bledsoe o auxiliou nas tramas da franquia, dividindo a tarefa de municiar o ataque, 37 a 27, a favor dos anfitriões.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
NBA

A etapa seguinte permaneceu com superioridade dos Bucks, que concluíram com êxito alguns arremessos do perímetro. CJ McCollum e Carmelo Anthony tentavam não deixar a diferença no placar se estender demais, e Skal Labissiere exercia bem sua função. O haitiano, inclusive, deixou Brook Lopez para trás, em um lance, e enterrou com estilo.

No último momento deste período, Lopez se redimiu evitando outra cravada do Portland Trail Blazers, desta vez com Carmelo, o camisa 11 subiu junto com ele e pôs a mão na bola, aplicando um toco perfeito.

72 a 58, para o Milwaukke Bucks.

Passado o intervalo, os Blazers voltaram com disposição para encurtar a vantagem na contagem, e fizeram 40 pontos no terceiro quarto, entretanto, ficou 107 a 98, para o time mandante; CJ Mc Collum exerceu com propriedade sua liderança técnica, à frente da reação.

No último período Giannis e Eric Bledsoe continuaram se exibindo em alto nível, e não permitiram que houvesse a virada do oponente, 137 a 129, e alegria dos fãs do Milwaukke, que comemoram além da superioridade no jogo, o revés do Boston Celtics para o Los Angeles Clippers, por 107 a 104, ontem (21), no Staples Center.

A infelicidade dos Celtics fora de seus domínios, possibilitou a ultrapassagem da franquia do Estado de Wisconsin, agora, primeira colocada, com 12 vitórias em 15 encontros.

Melhores em quadra

  • Bucks- Giannis Antetokounmpo, 24 pontos, 15 assistências e 19 rebotes (triplo-duplo); Eric Bledsoe, 30 pontos, 6 assistências e 4 rebotes; Pat Connaughton, 18 pontos, 2 assistências e 4 rebotes.
  • Blazers- CJ McCollum, 37 pontos, 10 assistências e 6 rebotes (duplo-duplo); Skal Labissiere, 22 pontos, 3 assistências e 12 rebotes (duplo-duplo); Carmelo Anthony, 18 pontos, 4 assistências e 7 rebotes.

Próximos compromissos

  • Milwaukee Bucks e Detroit Pistons, sábado (23), às 22h30 (horário de Brasília), no Fiserv Forum.
  • Cleveland Cavaliers e Portland Trail Blazers, sábado (23), às 22h (horário de Brasília), na Quicken Loans Arena.
Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo