Três pastores evangélicos foram detidos nesta quinta-feira (9), em Portugal, sob acusações de tráfico de pessoas e auxílio a imigração ilegal.

De acordo com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), os líderes evangélicos atraiam imigrantes do Brasil prometendo trabalho e situação migratória legal para o país europeu. As prisões foram decretadas após os pastores serem ouvidos pelo Tribunal de Portugal nesta última sexta-feira (10). Além disso, foram expedidos 5 mandados de busca na região da Grande Lisboa.

Durante a ação, foram encontrados aproximadamente 30 brasileiros em alojamentos feitos pelos pastores em locais onde aconteciam os cultos religiosos. Segundo o SEF, as condições eram bastante precárias, os alojamentos apresentavam infiltrações nas paredes, a cozinha estava repleta de utensílios jogados e colchões eram vistos amontoados por todos os cômodos.

De acordo com o canal de TV português RTP, a maioria dos brasileiros encontrados estavam em situação ilegal no país e tinham que pagar alugueis de até € 300 (aproximadamente R$ 1.358) para viver nestes ambientes precários.

Além disso, ainda tinham que contribuir com "doações" de 10% da renda mensal para a igreja, o conhecido dízimo.

Segundo uma porta-voz do SEF, este tipo de trabalho era caracterizado pela exploração e tratado como trabalho escravo. Além disso, os brasileiros recebiam a falsa promessa de que os pastores estariam cuidando da legalização de seus documentos, o que não acontecia.

A situação econômica do país também é um grande atrativo para os brasileiros.

O salário mínimo em Portugal é, atualmente, de 635,31 euros (em torno de R$ 2.875). O taxa de desemprego atualmente não é um problema que assola os portugueses. Enquanto no Brasil o desemprego atinge aproximadamente 13% da população atualmente, em Portugal a taxa é de aproximadamente 6%.

Contornado pelas medidas adotadas pelo atual governo, o desemprego em Portugal atingiu seu menor índice dos últimos 30 anos, ficando abaixo da média europeia, que é de quase 8%.

Imigração Brasil x Portugal

Visando melhores condições de vida, milhares de brasileiros estão migrando para a Europa, e Portugal tem sido o destino preferido de muitos deles. Facilidades com a documentação e o idioma têm sido um diferencial levado em consideração na hora de escolher o destino.

Segundo dados divulgados pelo SEF em 2015, os brasileiros representam 25,3% da população estrangeira no país, algo em torno de 4% da população total.

Siga as suas paixões.
Fique atualizado.

As mudanças na política de imigração também estão atraindo cada vez mais brasileiros. Embora a grande maioria esteja com a situação legal no país, os que estiverem ilegalmente poderão ter o direito a autorização de residência desde que estavam trabalhando há pelo menos 12 meses e contribuindo com o Serviço de Segurança Social.

Não perca a nossa página no Facebook!