Em meio a grande proliferação do covid-19, muitos países estão tomando medidas extremas, inclusive a África. De acordo com informações cedidas pelo próprio jornal inglês The Guardian, nenhum cidadão poderá sair de casa e nem frequentar lugares de grande aglomerações por um período obrigatório de três semanas.

Em Joanesburgo, algumas pessoas que estavam aglomeradas na porta de um supermercado com intuito de fazer compras acabaram sendo dispersadas de uma forma bastante diferenciada e hostil. A Polícia sul-africana disparou tiros de bala de borracha para que todos que ali estavam fossem ir embora para suas residências.

Essa é uma das formas que o governo local está adotando para tentar impedir que o avanço do covid-19 seja grande, como é notável em vários países, tendo como exemplo os Estados Unidos.

Até o presente momento, o país africano registrou mais de mil casos do covid-19 e é um dos mais afetados do continente. Até agora, há duas mortes confirmadas pela doença. Mesmo com o número mínimo de mortes pelo vírus, muitas estratégias extremas estão sendo tomadas.

Apesar de ser uma medida bastante agressiva, tendo como o exemplo a abordagem dos policiais em atirar balas de borracha em pessoas que estão em aglomeração, muitos internautas no Brasil questionaram esse tipo de conduta, informando que existem outras formas de fazer com que a população não saia de casa, como orientações e dicas.

Por outro lado, muitos internautas apoiam esse tipo de medida, pois só assim as pessoas respeitam as ordens dos governantes e permanecem em quarentena até a diminuição do surto do vírus covid-19

Covid-19 e mortes no Brasil

Apesar do país tomar cuidados em relação a proliferação do vírus, diariamente aumentam o número de pessoas suspeitas do vírus e também de mortes.

De acordo com informações cedidas pelo Ministério da Saúde, o país registra 3.904 casos confirmados e 114 mortes. Esses dados podem subir com o passar das próximas horas.

As autoridades norte-americanas alertam de que “o pior ainda está por vir”, fazendo referência a proliferação do covid-19. Até o presente momento, nenhum país conseguiu desenvolver a cura para as pessoas que estão contaminadas com o vírus.

Autoridades governamentais continuam a reforçar a importância das pessoas obedecerem o movimento de quarentena, ficando em casa e tomando todos os cuidados possíveis, tendo como exemplo o uso diário do álcool em gel e também das máscaras.

Pesquisadores brasileiros colheram dados das pessoas que estão infectadas com o vírus no país, onde foi possível observar que a descendência é de parte do oriente média e também da Europa. Os pesquisadores também estão estudando para desvendar uma possível cura do vírus.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!