A ex-primeira-dama Marcela Temer pediu uma reunião no colégio onde estuda o filho, Michelzinho, para que professores fiquem em alerta sobre supostos comentários maldosos que envolvem a prisão de ex-presidente Michel Temer. Em decorrência da prisão do pai, o garoto faltou dois dias na semana passada e retomará aos poucos os estudos. As informações são da revista Veja.

Michelzinho estuda em um colégio de São Paulo. A prisão do seu pai, alvo de investigações da força-tarefa da Lava Jato do Rio, alterou um pouco a rotina dele.

Publicidade
Publicidade

Para ajudá-lo na volta à Escola, Marcela pediu a colaboração dos professores. Ela sugeriu que os docentes fiquem atentos com comentários hostis que possam surgir e deixar o menino abalado.

A família de Temer está muito assustada com o que aconteceu. Marcela teria ficado em estado de choque ao ver agentes da Polícia Federal (PF) levando seu marido para a cadeia. A mãe dela, Norma Tedeschi, que mora em Paulínia, no interior de SP, irá passar alguns dias com a filha para dar apoio neste momento complicado.

Momentos antes da prisão

Michel Temer foi preso na quinta-feira (21), causando surpresa para ele e toda a família. Conforme informações da Folha de S.Paulo, o ex-presidente percebeu que tinha uma movimentação estranha perto de sua casa. Ele ligou para um assessor questionando a razão de tantos jornalistas estarem próximos de sua residência. Nesse momento, ele foi comunicado de que boatos corriam sobre uma suposta prisão dele.

Temer se mostrou surpreso e disse que não teria o porquê dele estar preocupado, sendo que está no Brasil e se colocou à disposição da Justiça.

Publicidade

O emedebista já estava de saída para um compromisso e ignorou que os agentes poderiam chegar até sua casa. Ao perceber o carro saindo, ele foi seguido e abordado mais à frente. Ele recebeu voz de prisão no meio da rua.

Marcela Temer também nem imaginava que seu marido estivesse próximo de ser preso. Há alguns dias, Marcela foi homenageada pela filha do ex-comandante do Exército Eduardo Villas Bôas. Eles estavam em uma confraternização numa cafeteria. Adriana Haas Villas Bôas disse que Marcela era uma guerreira e sempre esteve disposta a ajudar em projetos sociais.

Inquéritos

Michel Temer é alvo de 10 inquéritos. Os dois casos mais contundentes que envolvem o nome do ex-presidente são a sua suposta participação em Corrupção no Porto de Santos e gravações de Joesley Batista, que o acusou de pedir propina em troca de favores políticos.

Leia tudo