A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, viajará aos Estados Unidos com Jair Messias Bolsonaro. Esta será a segunda Viagem ao país realizada pelo presidente desde que assumiu o cargo, em janeiro.

De acordo com o porta-voz da Presidência da República, Rêgo Barros, Michelle, que participará de uma reunião privada no Texas, aparentou-se interessada a acompanhar o presidente. "Naturalmente a primeira-dama demonstrou interesse em compartir com ele esse momento tão especial de suas vidas”, disse o porta-voz.

De acordo com agenda divulgada nesta segunda-feira (13) por Rêgo Barros, a viagem ao Texas será feita a partir desta terça-feira (14). Às 23h, o presidente decolará de Brasília e fará uma visita técnica a Manaus, e deve chegar a Dallas na quarta-feira (15), às 8h40.

Um dos objetivos da viagem seria receber uma homenagem de personalidade do ano que seria entregue em Nova York, entretanto, devido às manifestações contrárias lideradas pelo prefeito nova-iorquino, Bolsonaro desistiu de realizar a vigem.

Michelle passa o Dia das Mães no Rio de Janeiro

A primeira-dama Michelle Bolsonaro parece não gostar muito dos holofotes.

Depois que o presidente Jair Messias Bolsonaro assumiu a presidência, ela raramente aparece na mídia. Ela preferiu assumir uma posição mais reservada e discreta sem envolvimentos em polêmicas e notícias alheias.

Vez ou outra é possível flagrar alguns momentos raros da primeira-dama, como por exemplo, a comemoração do Dia das Mães, na qual, ela comemorou dançando para surdos em um evento religioso.

Em um vídeo postado no Instagram pelo perfil Mincluir (Ministério Incluir), Michele Bolsonaro aparece dançando e gesticulando em libras juntamente com um grupo de pessoas.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Jair Bolsonaro Curiosidades

Ainda no vídeo, é possível perceber que Michele decidiu alterar o visual. De loira, ela agora passou a adotar os cabelos pretos.

De acordo com a divulgação do vídeo postado pelo Ministério Incluir, a primeira-dama, ao invés de passar o Dia das Mães em Brasília, optou por comemorar esta data especial em um evento da Igreja Batista Atitude, na zona oeste do Rio de Janeiro. O evento era destinado a surdos e comemorava o aniversário de dois anos do Ministério Incluir. Esta igreja era a mesma que Michele frequentava semanalmente antes de se tornar primeira-dama, desempenhando a função de intérprete de libras para surdos aos domingos.

A religiosidade de Michele nunca foi segredo para ninguém. Durante o período de campanha eleitoral, foi possível perceber o engajamento que ela possui no meio evangélico. No Brasil, é a primeira vez que há uma primeira-dama evangélica. Não obstante, o presidente Jair Messias Bolsonaro não se assume como evangélico, mas como católico.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo