O presidente Jair Messias Bolsonaro realiza nesta sexta-feira (24) a primeira Viagem à região Nordeste desde que assumiu a presidência em janeiro. A região Nordeste foi a única em que Bolsonaro perdeu no segundo turno das eleições, com 30,3% dos votos válidos, enquanto Fernando Haddad (PT) teve 69,7%.

O clima na região Nordeste em relação ao Governo Bolsonaro é hostil, pois além da derrota do presidente registrada na região há a desaprovação do governo por parte de 39% das pessoas entrevistadas, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Datafolha, divulgada no dia 7 de abril pelo jornal Folha de S.Paulo.

As regiões em que há uma maior taxa de aprovação do governo Bolsonaro são nas regiões Sul (39%) e Centro-Oeste/Norte (38%).

De acordo com a Folha de S.Paulo, o clima no Nordeste para a chegada do presidente é de hostilidade. No Recife, há previsão de protestos de estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em frente ao Instituto Ricardo Brennand, um dos lugares onde Bolsonaro está com agenda programada para visitar. Os estudantes contarão com o suporte de um carro de som e realizarão a leitura de uma carta aberta ao presidente.

Há ainda a previsão de que ocorram protestos nas cidades de Salgueiros e Serrita, comandados por garimpeiros que reivindicarão para que sejam liberadas novas áreas de garimpo na região.

Além dos protestos, foi cancelada nesta quinta-feira (23) uma homenagem que seria feita ao presidente em Petrolina. Estava previsto que Bolsonaro recebesse o título de cidadão petrolinense, mas um grupo contrário se manifestou e ocupou o plenário munido de cartazes com a frase: “petrolinense não”.

Bolsonaro viaja ao Nordeste nesta sexta-feira (24)

De acordo com a agenda do presidente, às 10h desta sexta ele visitará o acervo do Instituto Ricardo Brennand e às 10h45 participará de uma reunião do conselho deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Jair Bolsonaro Governo

Espera-se que além do governador local, Paulo Câmara (PSB), compareçam à reunião todos os governadores da região, juntamente com os governadores de Minas Gerais e Espírito Santo. Bolsonaro vai anunciar o acréscimo de R$ 2,1 bilhões para o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste. À tarde, às 14h30, o presidente participará da entrega de casas do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, em Petrolina.

Está prevista para esta sexta uma discussão acerca de um plano regional de desenvolvimento do Nordeste (PRDNE) que tem seis eixos estratégicos, dentre eles encontram-se desenvolvimento de capacidades humanas, inovação, desenvolvimento social e institucional, preservação ambiental, dinamização e diversificação produtiva.

Ao todo são 880 propostas dos governos estaduais reunidas neste plano regional que possui metas de médio prazo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo