A mais nova polêmica envolvendo o Governo Jair Bolsonaro aconteceu nesta terça-feira (25), quando 39 quilos de cocaína foram encontrados no avião da FAB que fazia escala na Espanha. A aeronave fazia parte da comitiva de apoio do presidente. Na prática, não se tratava do veículo principal, e sim de equipamento de escolta e emergência.

Porém tanto o fato de a droga estar em um avião oficial da presidência quanto a grande quantidade do entorpecente chamaram a atenção de brasileiros e autoridades ao redor do mundo.

Os principais jornais da Europa e Estados Unidos deram destaque para a notícia na manhã de quarta-feira (26).

O presidente Jair Bolsonaro está em comitiva para participar da reunião do G-20 no Japão.

Valor do quilo da cocaína na Europa

A cocaína é uma das drogas mais caras do mercado ilegal. Tanto no Brasil, quanto na Europa e Estados unidos, o produto tem um alto valor de revenda.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), na Espanha, onde a droga foi apreendida, o quilo, se vendido no varejo, chega a R$ 246 mil (ou US$ 64 por grama).

Já se a negociação acontecer no atacado, o valor pode chegar a R$ 148 mil (ou US$ 38.586).

Ainda existem outros pontos na Europa onde é possível vender mais caro. Na Áustria, por exemplo, 39 quilos de cocaína podem chegar a R$ 16,6 milhões. Se vendida no varejo, a droga vale 111 euros por gramas.

Convertendo em reais e considerando apenas o país espanhol, o vendedor da droga poderia faturar cerca de R$ 5,8 milhões.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Governo

Quanto ganha um sargento da FAB

Segundo informações oficiais divulgadas até o momento, a droga encontrada no avião da FAB estava em posse de Manoel Silva Rodrigues, Sargento da Força Aérea Brasileira. Ele tem 38 anos e é casado.

Se condenado, o oficial da FAB pode pegar, no máximo, cinco anos de prisão. Já um civil pode ser condenado por até 15 anos de reclusão em uma mesma situação.

As investigações ainda estão em andamento e ainda não há respostas sobre como o sargento da aeronáutica conseguiu comprar tamanha quantidade de uma droga tão valiosa.

O salário de um sargento da FAB fica entre R$ 4.471 e R$ 6.195 por mês, dependendo do seu nível hierárquico.

Jair Bolsonaro cobra investigação do caso

O presidente Jair Bolsonaro se manifestou sobre o assunto por sua conta no Twitter. Bolsonaro falou que, embora o sargento fizesse parte da comitiva oficial de apoio, ele não era da equipe escolhida pelo governo. Porém o caso deveria ser investigado com seriedade e, comprovada a culpa do militar, ele deveria sofrer as punições cabíveis.

Já o vice-presidente Hamilton Mourão, que está na cadeira presidencial em razão da viagem de Bolsonaro, falou que nem mesmo os militares estão livres desse tipo de situação.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo