Repentinamente, sem ser possível entender muito bem o motivo, moradores de Limburg, próximo à cidade de Frankfurt, no oeste da Alemanha, foram surpreendidos por uma explosão, por volta das 4h do dia 23 de junho, resultando em um pequeno terremoto, formando-se uma enorme cratera em um milharal de uma fazenda da região. Não houve feridos.

Era tudo o que se tinha até o momento: uma cratera de dez metros de largura e quatro metros de profundidade, e que foi medida por policiais que foram enviados para inspecioná-la.

Foi tirada uma foto por meio de um drone, revelando o tamanho do impacto da explosão. Inicialmente não se sabia ao certo o motivo real da explosão. Entretanto, após um dia de estudos detalhados do fenômeno ocorrido na zona rural de Ahlbach, as autoridades responsáveis concluíram "com quase 100% de certeza" que se tratava de uma bomba com origem ainda na Segunda Guerra Mundial, provavelmente um explosivo que havia sido jogado de um avião durante a guerra, e que pesava aproximadamente 250 kg.

Um depósito ferroviário foi bombardeado pelos Aliados no final da Segunda Guerra, de acordo com os moradores locais, de modo que outras bombas antigas já foram encontradas anteriormente na mesma zona rural.

Especialistas afirmam que bombas não descobertas podem explodir mesmo sem auxílio externo, enquanto seus detonadores se decompõem com o passar do tempo. Esse tipo de acontecimento não é raro.

Outras bombas semelhantes

Bombas antigas na Alemanha são encontradas com certa frequência.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Ciência

Há ainda milhares de bombas não localizadas desde a Segunda Guerra Mundial, que são encontradas periodicamente. Segundo especialistas, muitas destas bombas estão no subsolo da Alemanha.

Em Berlim, semanas atrás, foi desativa uma nova bomba proveniente da Segunda Guerra Mundial. Esta, segundo informações, era americana, pesava mais de 100 kg e foi encontrada perto da praça Alexanderplatz, provocando a evacuação de cerca de três mil moradores da área.

Em abril de 2018 foi desativada outra bomba pela Polícia de Berlim, desta vez britânica, que pesava cerca de 500 kg. Nesta ocasião, foram evacuadas cerca de 10 mil pessoas para que a bomba fosse desarmada.

Mas não só em Berlim ocorre esse fenômeno. Em 2016 foi desativada uma bomba semelhante, também na Alemanha, em Augsburg, em um domingo de natal, causando muito pânico nos moradores da região que tiveram que abandonar suas casas para que o artefato fosse desarmado.

Outras bombas já foram encontradas também nas cidades de Frankfurt e Hanôver.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo