O ex-presidente Lula, nesta noite de quarta-feira (25), criticou por meio de sua rede social a postura do presidente Jair Bolsonaro.

Ele disse: ''Estou pessimista com relação ao que nos aguarda. Estamos perdendo tempo demais. O Brasil não está fazendo sua lição de casa por conta da compreensão do presidente e de que ele é um atleta... e de que é só uma gripezinha''.

Lula que já criticou inúmeras vezes [VIDEO] Bolsonaro, não poupou palavras e disse mais: ''Se ele agisse com responsabilidade, quem sabe a gente já tivesse munido de máscaras, respiradores e milhões de testes.

Estou vendo os governadores se dedicarem. Todos.''

Nesta terça-feira (24), o presidente Bolsonaro fez um pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV no qual pedia o fim do confinamento --medida de segurança adotada em vários países e indicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) contra o coronavírus.

A fala repercutiu mal entre autoridades e especialistas da saúde e foi alvo de panelaços em todo o país. Bolsonaro culpou também a imprensa por provocar a histeria na população e criticou governadores por fechar escolas, shoppings e uma fatia significante do comércio.

Lula diz que Bolsonaro pensa somente em si mesmo

O ex-presidente Lula ainda em sua rede social foi enfático: "Ele, definitivamente, não está preparado para tocar o Brasil" (...) Um presidente não é obrigado a saber de tudo, mas quando você não sabe, você consulta a sociedade, os especialistas, os governadores.

Coisa que em nenhum momento ele fez", disse.

Em outro vídeo publicado nas redes sociais, ao lado do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), Lula afirmou: ''Eu fico imaginando se é esse o papel de um presidente da República. Seria mais correto que ele tivesse convocado uma reunião com os governadores de estados, com secretários da Saúde, juntado seu ministério, dado orientação única para que o Brasil pudesse agir de forma coesa''.

O ex-presidente Lula foi ainda mais categórico: ''Ele não está pensando no povo brasileiro, não está pensando no coronavírus, ele está pensando nele".

Polêmico, em certa ocasião Lula colocou em dúvida [VIDEO]facada sofrida por Bolsonaro.

População segue em confinamento

Apesar da fala incisiva do presidente, inúmeros comércios seguem fechados por prazo indeterminado em decorrência de determinações estaduais.

Por outro lado, um problema recorrente encontrado pela população é encontrar máscaras e álcool gel para se proteger. A alta demanda praticamente zerou os estoques de farmácias e supermercados nas últimas semanas, sendo pouquíssimos estabelecimentos onde os itens podem ser encontrados.

Isso em diversas partes do país. Em São Paulo, por exemplo, é comum encontrar na porta de muitas farmácias avisos como "não temos álcool gel" ou "não temos máscaras". Frustrante, para dizer no mínimo.

Empresas fechadas, população em casa. Os poucos comércios autorizados para estarem abertos --como supermercados-- tem tido suas gôndolas, como papel higiênico, zerado em pouco tempo. Filas enormes são outra consequência.

A recomendação nesse momento é ficar em casa, evitar levar as mãos aos olhos, nariz e boca. Higienizar muito bem as mãos com água e sabão sempre que possível é a mais importante recomendação.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Lula
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!