Nesta segunda-feira, 7 de setembro de 2020, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), comemorou o Dia da Independência do Brasil de uma forma diferente, pois os tradicionais desfiles anuais que ocorrem no país foram cancelados devido à pandemia do novo coronavírus.

A comemoração foi realizada na residência oficial do presidente da República, o Palácio da Alvorada, e contou com a participação de apoiadores e crianças sem o uso de máscara de proteção contra o coronavírus. A esquadrilha da fumaça, uma unidade da Força Aérea Brasileira, realizou uma apresentação durante o evento.

O evento

Apesar de a comemoração ter sido bem menor do que costuma ser em anos comuns na Esplanada dos Ministérios, a solenidade atraiu uma grande quantidade de pessoas apoiadoras do Governo de Jair Bolsonaro.

Os planos iniciais eram de que a solenidade seria pequena e restrita apenas aos convidados, no entanto, o espaço acabou sendo aberto ao público. De acordo com o informado, o espaço foi ampliado e preparado para receber o grupo de apoiadores que visita Bolsonaro no Palácio da Alvorada diariamente.

Uma determinada área foi reservada ao grupo de populares, e o evento não estabeleceu regras de contenção à pandemia do novo coronavírus, obrigatoriedade da máscara de proteção ou distanciamento social.

Chegada do presidente

O presidente Jair Bolsonaro chegou ao local do evento em um Rolls-Royce, na companhia de pelo menos oito crianças. Tanto o presidente quanto as crianças não usavam máscaras de proteção – nas imagens, apenas uma delas aparecia com a EPI.

O Rolls-Royce aberto no qual Bolsonaro chegou ao evento é hoje o principal veículo de comemorações e cerimônias utilizado pelo presidente da República. Eles chegaram acompanhados de cavaleiros do Batalhão da Guarda.

Apoiadores

Ao chegar ao local, o presidente foi até o grupo formado por seus apoiadores e os cumprimentou.

A maioria de seus seguidores também não usava máscara de proteção e não respeitava nenhum tipo de distanciamento social.

Após a execução do Hino Nacional, Bolsonaro voltou a ficar com as crianças –havia pelo mais quatro além das que chegaram com ele no carro.

Assessoria

De acordo com informações da assessoria presidencial, as crianças que participaram do evento eram filhos de convidados.

A falta das normas de proteção em relação à pandemia não foram comentadas.

Já no final da solenidade, Bolsonaro voltou a prestigiar seus apoiadores, assim como os ministros de estado. Bolsonaro estava acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que por sinal foi fortemente festejada pelo grupo de apoiadores, de um de seus filhos, Eduardo Bolsonaro, do vice, Hamilton Mourão, e os ministros Hélio Lopes, General Heleno e Tarcísio de Freitas.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!