Em meio aos problemas ambientais relacionados à Amazônia, o presidente Jair Bolsonaro ( sem partido) defendeu a ação de seu Governo em relação ao meio ambiente, atacando o trabalho das instituições não-governamentais, as ONGs. O presidente afirmou ainda que não é capaz de matar o "câncer" que atua na Amazônia, referindo-se às organizações.

Declaração

Jair Bolsonaro se dirigiu diretamente aos integrantes das ONGs, dizendo que as pessoas que fazem parte de "ongzinhas que pegam dinheiro de fora do país" sabem que esse grupo não tem vez com ele em grande maioria, afirmando ainda que seu governo bota para "quebrar" com esse pessoal.

Nas declarações realizadas em sua live semanal de quinta-feira, o presidente afirmou que não consegue matar "esse câncer em grande parte chamado ONG que tem na Amazônia".

Preservação do meio ambiente

Apesar dos registros realizados por órgãos do próprio governo, que mostram um aumento considerável nas queimadas e desmatamento na Amazônia desde o início do mandato de Bolsonaro, em 2019, o presidente ainda declarou durante a transmissão em suas redes sociais que o Brasil é atualmente o país que mais preserva o meio ambiente em todo o mundo.

Sobre as acusações de que seu governo aumentou a queimada e que estão tacando foco na floresta amazônica, Bolsonaro respondeu às críticas chamando de "canalhas" os responsáveis por este tipo de acusação.

Reserva legal

Ainda durante a live, Jair Bolsonaro reafirmou que a Amazônia tem 80% de qualquer de suas propriedades como reserva legal, o o que, de acordo com ele, faz com que não se possa "fazer nada".

O presidente falou também sobre um programa que está sendo lançado pelo seu governo, intitulado Norte Conectado, com o intuito de tentar integrar a região Norte ao resto do Brasil, citando este como um objetivo que seu governo está fazendo todo o possível para alcançar.

Indígenas

Outra justificativa de Bolsonaro em relação às queimadas foram as populações indígenas e ribeirinhas, habitantes da região, que, mesmo sem nenhum tipo de fonte vinculada as informações, o presidente argumentou que essas comunidades acabam realizando queimadas no intuito de garantir sua sobrevivência em relação à alimentação.

Segundo Bolsonao, se a população local de indígenas e ribeirinhos não usar do artifício de um tipo de agricultura com fogo, no próximo ano eles não terão com o que se alimentar.

Queimadas

As queimadas na floresta amazônica afetam diretamente o equilíbrio do ecossistema, a saúde dos seres humanos e prejudica o planeta como um todo. O aumento das queimadas é visto por especialista como um grande problema a nível mundial, uma vez que os reflexos não afetam apenas a região.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Siga a página Natureza
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!