O deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP) é um dos candidatos à presidência da Câmara dos Deputados. Rossi tem o apoio de 11 partidos e do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Na manhã de segunda-feira (11) o parlamentar se reuniu em Florianópolis com uma parte da bancada catarinense do MDB.

Após o encontro, o deputado declarou que poderá haver um eventual pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mas deixou claro que o assunto será tratado "com muita clareza e objetividade" e obedecendo à Constituição Federal.

Ele ainda acrescentou que o impeachment é prerrogativa do Parlamento, e os parlamentares não podem abrir mão de nenhuma prerrogativa.

PT

A fala do emedebista acontece logo após a reclamação da cúpula do PT, que não gostou nada do que ouviu do parlamentar. Rossi fez declarações afirmando que não iria levar em consideração um eventual pedido de impeachment contra Bolsonaro.

No domingo (10), Gleise Hoffman, a presidente do Partido dos Trabalhadores, deu uma declaração pública para refrescar a memória do parlamentar que um dos itens do acordo para ter o partido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva o apoiando era que houvesse a possibilidade de haver um pedido de impeachment contra Jair Bolsonaro.

Baleia Rossi afirmou que sua candidatura tem a intenção de respeitar as diferentes opiniões dentro da Câmara e que sua candidatura não é de oposição, mas que é uma candidatura que tem por objetivo defender a Câmara.

O candidato disse ainda que a sociedade anseia por mais liberdades e que os parlamentares respeitam as instituições e a ciência, discursou Baleia Rossi em Florianópolis.

Integrantes do PT que foram ouvidos pelo jornal O Estado de S. Paulo afirmaram que o tom apaziguador de Rossi é uma vantagem para o candidato à presidência da Câmara.

O problema maior será conseguir um consenso entre os outros 10 partidos da coligação que apoiam o parlamentar.

A lista de partidos conta com: Cidadania, DEM, PCdoB, PDT, PSB, PSDB, PSL, PT, PV e Rede.

Se os parlamentares permanecerem fiéis aos seus partidos, Baleia Rossi terá 281 votos –são necessários 256 votos para lhe dar a vitória.

Baleia Rossi foi à Santa Catarina junto com o deputado federal Júnior Bozzella. Presidente do PSL de São Paulo, Bozzella representa a ala do partido que tem ligações com Luciano Bivar, presidente nacional do partido.

Rival

O deputado Baleia Rossi irá concorrer contra o candidato que tem o apoio do Palácio do Planalto, Arthur Lira (PP-AL). Na segunda-feira (11), o candidato de Jair Bolsonaro cumpriu agenda na Bahia, Goiás e Piauí.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!