Recentemente, Regina Duarte, atual Secretária de Cultura do governo de Jair Bolsonaro, usou as redes sociais para criticar a quarentena recomendada por especialistas a fim de conter o contágio do novo coronavírus. De acordo com a revista Isto É, Regina criticou o isolamento de algumas pessoas, enquanto outras teriam que trabalhar e caracterizou a atitude como egoísmo. A veterana foi amplamente criticada na web, sobretudo por atores e atrizes. Segundo a revista Veja, o ator Pedro Cardoso fez uma dura crítica à atriz através de seu perfil do Instragram. Em tom que ataque, Pedro rebateu a fala de Regina Duarte e afirmou que egoísmo seria sair de casa neste momento de crise.

Outra atriz que manifestou revolta quanto à fala de Regina foi Emanuelle Araújo. A atriz classificou como absurda a incitação da Secretária de Cultura para as pessoas irem às ruas.

Regina é duramente criticada

Ainda de acordo com a revista Veja, o ator Pedro Cardoso afirmou que a preocupação manifestada por Regina Duarte sobre as pessoas que não poderiam ficar em casa seria falsa, já que se o Governo realmente tivesse preocupado, criaria saídas para proteger tais pessoas. Pedro ressaltou, ainda, que quanto mais pessoas fossem às ruas, maior seria o número de pessoas infectadas, bem como a sobrecarga nos sistemas de Saúde, e desta forma, mais tempo a crise iria durar. O ator fez um pedido para que as pessoas que pudessem ficar em casa, não saíssem às ruas, até mesmo para proteger os trabalhadores essenciais que não podem ficar em suas casas, bem como garis, motoristas de ônibus, caixas de supermercados, entre outros.

Pedro Cardoso foi além, afirmando que com sua manifestação acerca do anti-isolamento, Regina Duarte entraria para o grupo dos "assassinos por irresponsabilidade". "E ainda repete essa charlatanice bolsonarista de Deus acima de tudo? Só há Deus para quem crê, como pode estar ele acima dos descrentes? A irresponsabilidade dessas pessoas faz desaparecer a obrigação com qualquer paciência, e, até, educação", disse o ator.

Por fim Pedro Cardoso afirmou que criminosos não mereciam respeito, e fez um ataque direto à Regina Duarte e ao presidente Jair Bolsonaro: "vá para o inferno, Regina, junto com o seu messias".

Manifestações de outros artistas

Além de Pedro Cardoso e Emanuelle Araújo, outros artistas rebateram as falas de Regina Duarte acerca da crítica à quarentena imposta pelos especialistas em saúde.

Segundo a revista Isto É, o ator Marcos Palmeira afirmou que todos deveriam seria as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde), e que o governo deveria apresentar soluções para minimizar os riscos. "Talvez abrir mão de mordomias possa ajudar. Enfim, precisamos de união e não mais divisões", disse o ator.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!