Um grave acidente com um ônibus, na BR-153, em Goiânia, deixou duas pessoas mortas e vários feridos. Segundo informações da Polícia, por motivos ainda ignorados, o motorista de um ônibus acabou desviando com o veículo pela direita, caiu do viaduto e bateu contra um poste. Um bombeiro que ajudava no resgate relatou o momento de grande comoção ao ver que uma criança estava salva no colo da mãe. No entanto, a mãe tinha falecido. De acordo com depoimento do bombeiro Beadnel Gomes Silva Filho, a mãe estava com as mãos sobre a cabecinha do bebê, e ele bem quietinho. O bebê teve apenas ferimentos na perna.

O acidente aconteceu na madrugada deste domingo (27). No veículo estavam 49 passageiros, onde 25 ficaram feridos mais gravemente e um homem e uma mulher morreram.

Conforme informações do G1, a criança de seis meses salva pela mãe foi levada às pressas para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira. Não se tem, até o momento, maiores informações sobre o estado de saúde do bebê. Segundo relatos de passageiros, a mãe, que faleceu no acidente, estava com outro filho, de 16 anos, sentado ao lado dela. O garoto conseguiu sobreviver.

Resgate

O resgate aconteceu rápido, pois o Corpo de Bombeiros possui uma unidade que fica a 400 metros do local do acidente. Eles chegaram em dois minutos.

O tenente Alan Barbosa disse que todos os procedimentos são realizados para que se tenha certeza se a vítima com ferimentos está apta para ir para casa.

De acordo com ele, existe uma ambulância de prontidão no local, caso alguma das pessoas vá para casa e de repente comece a passar mal. Por isso, é necessário uma observação de 24 horas para se ter certeza se a pessoa está bem ou não.

Acidente

Segundo informações, o ônibus era clandestino e saiu de São Mateus do Maranhão para a cidade de São Paulo. A Defesa Civil está cuidando da alimentação e da água dos passageiros, já que muitos deles moram longe de casa e não possuem condições de se abrigar em outros locais.

Os passageiros disseram que a agência de turismo, onde as passagens foram compradas, no Maranhão, já encaminhou um ônibus para poder retornar com todos. No entanto, apenas na segunda-feira o veículo chegará.

Por ser um ônibus clandestino, investigações serão realizadas para averiguar os responsáveis pela viagem. Dos feridos, 18 só tiveram arranhões leves e foram atendidos no próprio local.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!