Dois jovens que tiveram seus corpos encontrados em Santos, no litoral de SP, podem ter se afogado ao mesmo tempo. Ao menos essa é a ideia de familiares de Douglas Alcântara de Souza, 29 anos. Ele e o namorado, Henrique Oliveira Falbo, de 22 anos, desapareceram em 3 de fevereiro deste ano e Douglas teve o corpo encontrado neste final de semana no Parque Municipal Roberto Mário Santini, na cidade de Santos.

Publicidade
Publicidade

Os dois estavam juntos há menos de seis meses e estavam no litoral paulista a passeio. Segundo testemunhas, eles foram vistos pela última vez em bar na praia de São Vicente. Eles moravam na Grande São Paulo. As famílias começaram a se desesperar quando os rapazes não deram mais notícia. Entretanto a angústia da família de Henrique foi substituída por uma dor profunda, pois seu corpo foi encontrado no dia seguinte, com sinais de afogamento, na cidade vizinha de São Vicente. A família de Douglas pediu ajuda das autoridades para encontrar o rapaz, mas os dias se passavam e nenhuma notícia do rapaz de 29 anos.

Publicidade

Corpo de Douglas foi encontrado neste final de semana

Uma semana depois de ter encontrado o corpo de Henrique (banhistas acharam em uma praia), o corpo de Douglas foi encontrado. Segundo o irmão do rapaz, Diego Alcântara, o corpo foi encontrado no Emissário Submarino. O rapaz que já havia voltado para a casa retornou para a Baixada Santista para fazer o reconhecimento do corpo. Ainda segundo o irmão da vítima, eles já haviam sido alertados pela possibilidade do corpo estar preso às pedras do parque.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Entretanto, o Corpo de Bombeiros só faz buscas em determinados locais, se tiver indícios que o corpo poderia estar ali, ou sob alguma confirmação do fato. Só a suposição de que o corpo poderia estar preso entre as pedras, não seria motivo de averiguação do local. O G1 também questionou os bombeiros sobre o fato e eles confirmaram que as buscas são feitas por pequenas embarcações e só acontecem após uma confirmação visual. Apenas um chamado não motivaria buscas em determinados locais.

Família acredita que os dois rapazes se afogaram juntos

A principal suspeita da família de Douglas é que ele e o namorado tenham se afogado juntos. Tudo por conta do local que foi encontrado o corpo do segundo rapaz e o estado de decomposição do corpo. O laudo do IML deve ser liberado nos próximos dias e pode confirmar a hipótese da família.

A Polícia Civil de São Paulo investiga o que aconteceu com os dois namorados.

Publicidade

O laudo dos dois corpos emitido pelo IML é peça importante das investigações.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo