Uma empresária de 55 anos, moradora da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, foi brutalmente espancada no seu primeiro encontro com um rapaz. O fato aconteceu nesse último sábado (16), quando Elaine Caparroz convidou Vinicius Batista Serra, de 27 anos, que conheceu nas redes sociais, para conversar no apartamento dela. Em entrevista à imprensa, o irmão da vítima, Rogério Perez Caparróz, contou que a irmã falava com o rapaz há cerca de oito meses e só no ultimo sábado o convidou para se encontrarem no apartamento dela.

Os gritos chamaram a atenção dos vizinhos, que chamaram a Polícia. Quando conseguiram entrar no apartamento, viram a mulher desmaiada e com o rosto desfigurado pelas pancadas. As paredes estavam sujas de sangue e os móveis estavam todos revirados. O rapaz tentou fugir do local, mas foi preso na portaria do prédio.

Segundo Rogério, sua irmã teria lhe confidenciado que ela estava conversando com o rapaz há 8 meses e que havia muitos amigos em comum com os dois, e por isso, teria tido coragem de convidar Vinicius para uma noite de conversa no seu apartamento.

Rogério disse que ela comprou até um queijo para receber o rapaz.

Porém, a conversa ficou bastante longa e o rapaz pediu para Elaine deixá-lo dormir em seu apartamento. Segundo conta o irmão da vítima, Elaine teria abraçado o rapaz e pedido se podia dormir no seu peito. A empresária estava um ano sozinha e só queria uma companhia “legal”, afirma Rogério.

Segundo informa o irmão da vítima, ela teria acordado com agressões e xingamentos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Jair Bolsonaro

Pedindo para parar em prantos e gritos de desespero, não foi atendida, e Vinicius continuava a sessão de tortura com agressões, xingamentos, gritos e muitos murros em seu rosto.

Desfecho do caso

O suspeito de agredir a mulher foi levado para a penitenciária Pública Frederico Marques, que fica no Benfica, na zona norte do Rio. O crime foi registrado na 16º Delegacia de Polícia e o delegado, Rodrigo Freitas de Oliveira, disse à imprensa que pela gravidade dos atos de violência é bem possível que o agressor queria matar a empresária.

Assim, responderá por tentativa de homicídio.

Rodrigo ainda considera que o suspeito é muito perigoso e fará um pedido para ele ficar preso por representar uma ameaça à sociedade e à vítima. Ainda na polícia, o rapaz disse que acordou com um surto psicótico por causa do vinho, e por isso, teria agredido Elaine.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo