Uma jovem estudante de apenas 20 anos morreu após encostar em uma barra de ferro energizada em uma festa no Terreirão do Samba, no centro do Rio de Janeiro.

Maria Fernanda Ferreira de Lima era estudante universitária e estava em uma área de produção do evento localizada atrás do palco. Ela encostou na barra de ferro e recebeu uma forte corrente elétrica. Amigos da jovem que estavam no local do evento relataram que, no momento em que recebeu o choque, Maria Fernanda perdeu a consciência.

O acidente aconteceu na madrugada deste domingo (14), por volta das 4h.

Publicidade

Após ser encaminhada ao Hospital Municipal Souza Aguiar, a estudante teve quatro paradas cardíacas e acabou não resistindo aos ferimentos. A Secretaria Municipal de Saúde relatou que a jovem já chegou ao hospital com uma parada cardiorrespiratória e veio a falecer.

Maria Fernanda fazia o curso de odontologia da Universidade Veiga de Almeida. Após o falecimento da estudante, a universidade emitiu uma nota manifestando pesar e informando que as aulas desta segunda e terça-feira seriam suspensas para os alunos do primeiro e segundo períodos do curso de odontologia.

Locais estavam dando choque, diz amiga de Maria

Laura Mendes, amiga de Maria Fernanda, relatou que o som estava com falhas durante toda a festa. Ela também contou que a moça responsável pela limpeza já tinha avisado que os banheiros também estavam dando choque nas paredes. Laura ainda relatou sua indignação devido ao fato de que, se as pessoas da limpeza sabiam das descargas elétricas, os organizadores também deveriam estar cientes.

Organização do evento lamentou o ocorrido

Segundo nota postada nas redes sociais do evento, a jovem foi socorrida pelos médicos que estavam no local e encaminhada ao hospital.

Publicidade

Na nota eles informaram que, após o ocorrido, foi determinado o encerramento da festa para manter a segurança de todos os presentes.

A organização do evento lamentou o acidente envolvendo a jovem. Os organizadores também relataram que zelam pela integridade dos seus clientes. Por esse motivo, encerraram o evento assim que os brigadistas relataram o ocorrido.

Segundo a Polícia Civil da 6ª Delegacia de Polícia da Cidade Nova, responsável pelo caso, foi instaurado um inquérito com a finalidade de investigar a morte de Maria Fernanda.

O responsável pelo evento e pelo Terreirão prestaram seus depoimentos na delegacia e estão aguardando um laudo técnico.

O corpo da jovem Maria Fernanda Lima foi velado no Cemitério de Irajá, na zona norte do Rio de Janeiro. Familiares e amigos foram dar seu último adeus à jovem na manhã desta segunda-feira (15).