O deputado federal David Miranda (PSOL- RJ) relatou a Polícia Federal que recebeu ameaças de morte, e que vem sofrendo ataques desde que o site The Intercept Brasil divulgou trocas de mensagens do ministro Sérgio Moro. O parlamentar é casado com o jornalista Gleen Greenwall, fundador do site no Brasil.

A primeira publicação aconteceu no domingo (9), e seguiram outras publicações ao longo da semana.

Publicidade
Publicidade

Desde da primeira publicação, o parlamentar diz ter passado a receber ameaças de morte. Além dele, familiares também foram alvos das ameaças.

David Miranda passou a ocupar a vaga deixada pelo companheiro de partido, Jean Wyllys, que renunciou o posto por conta das constantes ameaças de morte que recebia, e por temer que algo acontecesse, ele desistiu do cargo. Seu suplente, David Miranda assumiu a vaga na Câmara dos Deputados.

Publicidade

Conversas de Moro

O site Intercept Brasil publicou uma série de mensagens atribuídas ao ex-juiz Sérgio Moro, quando estava na força tarefa da Lava Jato. O conteúdo divulgado mostrou que em alguns momentos o então juiz trocou mensagens com integrantes do Ministério Público, inclusive com o procurador Deltan Dallagnol. No teor das conversas, de acordo com site, coloca em xeque a imparcialidade de Sérgio Moro, na condução do trabalho.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Lava Jato

A troca de mensagens que foram vazadas mostram conversas sobre fases da Lava Jato, cobrando novas operações e o pedido de Moro para rebater por meio de comunicado à imprensa aquilo que ele chamou de “showzinho” da defesa de Lula.

De acordo com a lei o juiz deve se manter imparcial diante da acusação da defesa, do réu. O ministro da Justiça e da Segurança Pública Sérgio Moro, deve ir ao Senado Federal nesta semana para esclarecer o caso.

Quem é Gleen Greenwall?

O escândalo envolvendo o ministro Sérgio Moro, ganhou repercussão na última semana e vem ganhando novos episódios. O escândalo revelado pelo site Intercept Brasil veio a tona e com ele também a figura do jornalista Gleen Greenwall.

O norte-americano passou a ser conhecido pelo grande público brasileiro após as reportagens. Greenwall, é um dos fundadores do site Intercept Brasil e é casado com deputado federal David Miranda (PSOL-RJ).

Publicidade

O jornalista já trabalhou no The Guardian, e colaborou com a reportagem que ganhou o prêmio Pullitzer, sobre escândalos na Agência de Segurança Nacional americana vazados por Eduard Snowden. Além disso, o jornalista ganhou o Prêmio Esso de Excelência em Reportagens Investigativas no Brasil.

Em seu Twitter ele publicou que o arquivo fornecido pela fonte no caso Moro é um dos maiores da história do jornalismo.

Publicidade

Nele contém segredos explosivos como conversas em chats, áudios, vídeos, fotos e documentos sobre Dallagnol, Moro e facções poderosas. O jornalista declarou que as reportagens só começaram.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo