O deputado federal David Miranda (PSOL- RJ) relatou a Polícia Federal que recebeu ameaças de morte, e que vem sofrendo ataques desde que o site The Intercept Brasil divulgou trocas de mensagens do ministro Sérgio Moro. O parlamentar é casado com o jornalista Gleen Greenwall, fundador do site no Brasil.

A primeira publicação aconteceu no domingo (9), e seguiram outras publicações ao longo da semana. Desde da primeira publicação, o parlamentar diz ter passado a receber ameaças de morte. Além dele, familiares também foram alvos das ameaças.

David Miranda passou a ocupar a vaga deixada pelo companheiro de partido, Jean Wyllys, que renunciou o posto por conta das constantes ameaças de morte que recebia, e por temer que algo acontecesse, ele desistiu do cargo.

Seu suplente, David Miranda assumiu a vaga na Câmara dos Deputados.

Conversas de Moro

O site Intercept Brasil publicou uma série de mensagens atribuídas ao ex-juiz Sérgio Moro, quando estava na força tarefa da Lava Jato. O conteúdo divulgado mostrou que em alguns momentos o então juiz trocou mensagens com integrantes do Ministério Público, inclusive com o procurador Deltan Dallagnol. No teor das conversas, de acordo com site, coloca em xeque a imparcialidade de Sérgio Moro, na condução do trabalho.

A troca de mensagens que foram vazadas mostram conversas sobre fases da Lava Jato, cobrando novas operações e o pedido de Moro para rebater por meio de comunicado à imprensa aquilo que ele chamou de “showzinho” da defesa de Lula.

De acordo com a lei o juiz deve se manter imparcial diante da acusação da defesa, do réu.

O ministro da Justiça e da Segurança Pública Sérgio Moro, deve ir ao Senado Federal nesta semana para esclarecer o caso.

Quem é Gleen Greenwall?

O escândalo envolvendo o ministro Sérgio Moro, ganhou repercussão na última semana e vem ganhando novos episódios. O escândalo revelado pelo site Intercept Brasil veio a tona e com ele também a figura do jornalista Gleen Greenwall.

O norte-americano passou a ser conhecido pelo grande público brasileiro após as reportagens. Greenwall, é um dos fundadores do site Intercept Brasil e é casado com deputado federal David Miranda (PSOL-RJ). O jornalista já trabalhou no The Guardian, e colaborou com a reportagem que ganhou o prêmio Pullitzer, sobre escândalos na Agência de Segurança Nacional americana vazados por Eduard Snowden.

Além disso, o jornalista ganhou o Prêmio Esso de Excelência em Reportagens Investigativas no Brasil.

Em seu Twitter ele publicou que o arquivo fornecido pela fonte no caso Moro é um dos maiores da história do jornalismo. Nele contém segredos explosivos como conversas em chats, áudios, vídeos, fotos e documentos sobre Dallagnol, Moro e facções poderosas. O jornalista declarou que as reportagens só começaram.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Lava Jato
Seguir
Siga a página Sergio Moro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!