Um motociclista e a pessoa que estava na garupa morreram degolados por uma corda de nylon. A tragédia ocorreu na madrugada deste sábado (17). Os dois furaram os bloqueios montados pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), que interditou o trânsito na região por causa das obras que estão sendo feitas na ponte Jânio Quadros, localizada na zona norte de São Paulo.

A ponte da Vila Maria, como é conhecida, está interditada desde sexta-feira no sentido bairro.

A corda de nylon atravessava a via, fixada em duas grades. Até o momento a CET não informou qual seria sua finalidade.

Quando o motociclista William de Souza Falcão, de 30 anos, passou, a corda atingiu seu pescoço e ele foi decapitado. O homem que estava na garupa também foi atingido pela corda e sofreu um corte muito profundo no pescoço. Ele não resistiu aos ferimentos e também morreu.

A CET divulgou um comunicado informando que os bloqueios na ponte da Vila Maria foram feitos com uma barreira de 50 cones, em dois lugares, e que o motociclista desobedeceu aos pedidos dos agentes para parar.

Ainda segundo o comunicado, a morte das duas pessoas não mudou o cronograma da obra. Às 5h deste sábado (17), os funcionários retomaram o serviço. A PM foi acionada por volta das 2h deste sábado, assim como a Polícia Civil e a perícia técnica. Os familiares dos dois homens que morreram ainda não se pronunciaram a respeito do ocorrido.

Interdição continua

No local onde houve o acidente, a interdição continuará até às 5h da próxima segunda-feira (19), sendo que a pista central da Marginal Tietê continuará com o trânsito interrompido neste mesmo horário, mas só para quem está indo no sentido rodovia Castelo Branco.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

As obras estão sendo realizadas em duas vigas de sustentação que foram danificadas por causa das colisões provocadas por caminhões que desrespeitam a altura limite permitida, segundo informou a CET.

Alternativas para os motoristas

Quem precisar passar pela região encontra algumas alternativas, como, por exemplo, a pista central da Marginal Tietê, no sentido Castelo Branco, bastando seguir pela transposição da pista central.

Outra opção é a rodovia Presidente Dutra, na saída da Marginal, seguindo também pela transposição da pista central.

Tem ainda a ponte Presidente Jânio Quadros, no sentido Vila Maria --nesse caso é preciso ficar atento a vários detalhes como, por exemplo: os veículos que vierem da rua Jequitinhonha precisam seguir pela avenida Guilherme Cotching, depois passar pela avenida Condessa Elisabeth de Robiano, seguindo pela ponte do Tatuapé no sentido Dutra, alça de descida para Marginal Tietê, pista local, sentido Castelo Branco, avenida Morvan Dias de Figueiredo e Rua Isidoro Matheus.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo