Em meio à pandemia do coronavírus, alguns coletores de lixo tiveram um dia de serviço diferenciado após encontrarem bilhetes de motivação em sacos de lixo nas regiões da Casa Verde e do Jaçanã, na zona norte de São Paulo, nesta terça-feira (24). De acordo com algumas informações da prefeitura, além dessas belas atitudes tomadas por alguns moradores, todos os lixos estavam bem protegidos, livrando os coletores de uma possível lesão nas mãos.

Em uma das frases presentes nos sacos, dizia: “Obrigada por vocês estarem na rua para nos proteger.

Deus proteja você e seus familiares”. Por mais que o estado de São Paulo decretou situação de quarentena para todos os moradores, muitas profissões ainda continuam a ser exercidas, tendo como exemplo o trabalho dos coletores de lixo, que é um serviço essencial para toda a população paulista.

Caso similar de compaixão

Os profissionais da área da saúde também se manifestaram em meio à pandemia que vem crescendo a cada dia no país. Muitos profissionais da área estão se reunindo e fazendo plaquinhas contendo a seguinte mensagem: ''por favor, fiquem em casa.

Dessa forma você estará contribuindo para que isso acabe''.

Muitas outras maneiras de prevenção estão sendo tomadas para que a população se conscientize e respeite as ordens impostas pelos governantes. No momento, o Brasil registrou 63 mortes por conta da covid-19.

Pandemia e problemas

Após o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, muitos brasileiros estão acatando as ordens e ficando em casa de quarentena, para que a proliferação do coronavírus não seja ainda maior.

Com a população de quarentena, vem surgindo muitos problemas, em especial, para quem trabalha como autônomo.

Tendo como exemplo os barbeiros, vendedores ambulantes, taxistas e motoristas de aplicativo (Uber), a quarentena não está sendo favoráveis para eles. Muitos dependem do lucro do trabalho para pagar diversas contas e pelo fato da paralisação do país, muitos autônomos estão em casa sem ''fazer dinheiro''.

Alguns autônomos chegam a permanecer com suas atividades, mas, muitos chegaram a reclamar da quarentena, informando que não têm pessoas o suficiente nas ruas para que eles consigam lucrar. Mediante a esse e outros problemas, o governo Bolsonaro declarou que irá complementar a rende de alguns que estiverem em situação crítica. Essa medida será um auxílio que o governo irá conceder como forma de incentivo para que autônomos continuem em suas residências e esperar esses problemas passarem.

Não perca a nossa página no Facebook!