O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, divulgou nessa terça-feira (31) que irá conceder um auxílio para catadores de recicláveis durante um período de três meses. Essa medida está sendo tomada mediante a proliferação da covid-19. O auxílio custará cerca de R$ 5,76 milhões aos cofres públicos, onde o catador poderá receber R$ 600 reais de auxílio.

Essa medida irá beneficiar pouco mais de 900 famílias. Bruno Covas ainda chegou a ressaltar que a coleta seletiva feita porta a porta continuará sendo realizada, pois as centrais de triagem são mecanizadas. Pelas redes sociais, muitas pessoas estão apoiando essa iniciativa, já que muitos catadores não estão conseguindo se manter nesse período da proliferação coronavírus.

Brasil

Além da covid-19 afetar países europeus, o Brasil está tendo um avanço espantoso nos últimos dias. De acordo com informações do Ministério da Saúde, cerca de 201 pessoas foram vítimas fatais do vírus e 5.717 casos confirmados. A maioria dos casos foi registrada no estado de São Paulo, com 136 mortes. O atual governador, João Doria, informou que medidas extremas para o isolamento da população paulista estão sendo tomadas.

Assim como os demais estados do país, as autoridades paulistas decretaram que nenhum estabelecimento comercial poderá abrir sem um aviso prévio nesse período de quarentena. Os comerciantes que descumprirem a medida poderão ser penalizados com multas. Os restaurantes poderão abrir só para fazer delivery. O proprietário que abrir para o público também será penalizado com multas.

Essa é uma das formas para evitar a proliferação da covid-19 em São Paulo. Com essa medida extrema, muitos autônomos estão sendo afetados. Tendo como exemplo os taxistas, onde muitos motoristas não estão conseguindo fazer uma renda mínima para pagar as contas, já que o fluxo de pessoas nas ruas é escassa. O atual governo de Jair Bolsonaro informou que pessoas que trabalham informalmente, irão ser beneficiadas em até R$ 600.

Até o presente momento, nenhum brasileiro que possui o trabalho informal foi contemplado com o benefício.

Consequências da covid-19

O surto do vírus no Brasil pegou todas as autoridades de surpresa. Muitas empresas fecharam e estão cumprindo as ordens governamentais de manter todos os trabalhadores em casa de quarentena. Se o vírus continuar se alastrando no país, os cofres públicos do país serão afetados de forma negativa, pois de acordo com informações do atual presidente, o país não possui verba para manter o país parado.

Possivelmente, muitas empresas terão que reduzir a quantidade de funcionários quando a situação for controlada, pois muitos empresários estão sendo prejudicados com essa paralisação da quarentena. Durante um curto período, houve um movimento nas redes sociais para que as atividades fossem retomadas no país, mas a maioria das pessoas resolveu acatar as medidas ditas por profissionais do Ministério da Saúde, de permanecer em casa até que a proliferação da covid-19 diminua. Ainda não tem previsão para que as atividades no país voltem a funcionar.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!