Médico reagiu a tentativa de invasão em sua residência na rua Madeira de Freitas, em Vitória, e acabou sendo condenado por homicídio culposo, onde pagou uma indenização e foi liberado logo em seguida.

Mesmo tendo a situação controlada, o médico de 47 anos, foi até a cozinha e pegou uma faca e entrou em luta corporal contra o invasor, desferindo diversos golpes de faca contra o suspeito que acabou não resistindo ao ferimentos e morreu. Na residência que o suspeito tentou adentrar estavam os dois filhos do médico, um de 13 anos e o outros de 10 anos. Tirando a morte do suspeito, ninguém mais ficou ferido.

Em razão desse brutal crime, o médico teve que comparecer a delegacia local, onde prestou depoimento sobre o fato e disse ao delegado de plantão que precisou tomar essas medidas, pois temia uma ação desesperadora do suspeito que estava adentrando em sua residência. O médico temeu que o invasor fizesse algum mal para seus filhos.

Mesmo assim o médico foi condenado a pagar uma indenização no valor de R$800 reais e foi autuado pelo crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Vizinhos conseguiram gravar de longe o momento que o invasor tentava adentrar no apartamento do médico.

Após a 'viralização' dessa notícia nas redes sociais, muitas pessoas dividiram opiniões diferentes. Algumas foram contrárias a atitude do médico, já que o invasor não apresentava riscos de morte para as pessoas que se encontravam dentro da propriedade.

Muitas informam que a medida mais cabível seria o acionamento da Polícia Militar.

Por outro lado, muitas pessoas foram favoráveis a posição do médico, informando que ele defendeu sua propriedade e família ao colocar sua vida em risco para lutar contra o suspeito. Até o momento o caso continua a ser discutido e dividindo opiniões.

Diminuição na violência

Apesar de aparecer casos isolados, a criminalidade em todo o país teve uma diminuição considerada após muitas pessoas ficarem em casa com medo da proliferação do coronavírus. De acordo com alguma informações, os crimes que apresentaram mais diminuição foram os assaltos e os furtos.

Isso se dá pelo fato da população não está vulnerável nas ruas. Apesar de haver bastante diminuição em alguns crimes, houve um absurdo aumento no crime de violência contra a mulher. Crime esse que sempre estiveram em alta no país, mas as delegacias especializadas a mulher adota um critério sobre a realização do boletim de ocorrência. Dependendo do caso, se a mulher estiver impossibilitada de comparecer até uma delegacia, a vitimada poderá realizar o boletim de ocorrência pelas mídias digitais.

Ainda não se tem dados específicos de quantas mulheres foram vitimadas nesse período de quarentena.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!