O preço do álcool em gel aumentou em todo o país, mas os Traficantes pedem para que os comerciantes não abusem do valor. A favela do Jacaré, na zona norte do Rio, foi um dos locais onde donos de farmácia foram ameaçados caso aumentem o valor do álcool em gel.

PMs e traficantes

Apesar do surto do coronavírus fazer com que muitas profissões deixem de ser exercida temporariamente, a Polícia Militar do estado do Rio de Janeiro continua atuando nas grandes comunidades da cidade. Na manhã desta sexta-feira (27), a policia acabou sendo atacada por tiros vindo dos criminosos. Logo em seguida, os militares revidaram.

De acordo com informações, em decorrência do ataque contra os militares, as comunidades dos Tabajaras e dos Cabritos acabaram sendo intensificadas com policiais militares. Pelas redes sociais, muitos moradores relatavam o que estava acontecendo. Referente a essa troca de tiros, uma moradora do Humaitá disse:"Eu moro perto do Largo dos Leões e parecia que os disparos eram dentro da minha casa. Muito alto, nunca ouvi assim"

Sobre o caso apresentado, a polícia não informou o saldo da operação e nem se tiveram feridos em decorrência dela.

Traficantes proíbem bailes funk

Com mortes sendo divulgadas diariamente, traficantes do Rio de Janeiro resolveram cancelar todos os eventos até o próximo final de semana. Essa medida está sendo tomada em algumas comunidades do estado desde o primeiro caso de morte envolvendo a covid-19.

Pelo fato da comunidade concentrar um número alto de pessoas, o vírus poderia se espalhar rapidamente. Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, muitos moradores se encontram em quarentena até que a situação melhore no país.

Antes do avanço do pandemia, os bailes funk eram realizados todos finais de semana. Evento esse que contava com a colaboração de muitas pessoas.

Também era uma das formas de sustentar o tráfico de drogas. Após o cancelamento desses eventos, os traficantes estão tendo pouco retorno financeiro.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!