Em meio aos problemas do novo coronavírus, o presidente da República, Jair bolsonaro (sem partido), tem recebido muitos críticas de parlamentares, prefeitos e governadores. Diante disso, apoiadores realizaram uma carreata em apoio ao chefe do Executivo em Brasília no final da manhã deste domingo (19).

De acordo com informações do G1, a carreata percorreu a Esplanada dos Ministérios, até as proximidades do Congresso Nacional. Em todo o percurso havia policiais militares para fazer a escolta e também para coibir qualquer ato de vandalismo. Durante o movimento em apoio ao presidente nenhum problema foi registrado.

Além de Brasília, também foram registradas atividades similares em Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Os veículos percorreram algumas ruas da cidade com buzinas acionadas e gritos a favor das ideias de Bolsonaro. Alguns motoristas exibiam bandeiras do Brasil e motociclistas usavam roupas com as cores verde e amarelo, representando a bandeira do país.

Domingo

Na manhã deste domingo, Bolsonaro usou suas redes sociais para voltar a criticar a paralisação das atividades profissionais no país. Ação essa que foi imposta por agentes do Ministério da Saúde, pois seria uma forma de proteger os brasileiros de serem contaminados com o novo coronavírus.

A mensagem é acompanhada de uma foto que mostra a capa de hoje do jornal O Estado de S.

Paulo. A manchete diz: "No país, 91 milhões deixaram de pagar alguma conta em abril". A publicação gerou bastante repercussão, tendo em vista que muitas pessoas são contrárias às posições que Bolsonaro está tomando sobre a pandemia. Nos comentários da publicação, muitos internautas reforçam a importância da quarentena no país, pois não se tem outra maneira de combater o vírus.

Até o fechamento dessa matéria, a publicação contava com a participação de 32 mil curtidas, pouco mais de 5 mil comentários e milhares de compartilhamentos.

Brasil

Nas últimas semanas, o país tem apresentado uma alta em relação ao número de vitimados do novo coronavírus. Informações do Ministério da Saúde dizem que nesse período de quarentena foram registrados 2.372 mortes e 36.925 casos confirmados.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!