Um policial militar reagiu a uma tentativa de assalto na noite do último domingo (26), na zona norte de São Paulo. De acordo com informações do portal G1, o policial estava próximo à avenida Sezefredo Fagundes, na região do Jaçanã, quando foi surpreendido por alguns indivíduos anunciando o assalto, com intuito de levar o carro em que o policial estava.

Segundo informações da Polícia, o militar reagiu, conseguindo matar um dos suspeitos e baleando outro. Nenhuma outra pessoa ficou ferida durante o confronto.

O Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHHP) irá investigar a conduta do policial, com intuito de identificar se houve ou não excesso na ação.

A arma do militar já foi recolhida para perícia.

O suspeito ferido foi socorrido e conduzido ao Hospital São Luiz Gonzaga, na mesma região.

Polícia militar

A Corregedoria da Polícia Militar afastou 12 policiais militares de suas respectivas funções por suspeita de envolvimento no desaparecimento e na morte do camelô David Nascimento dos Santos, de 23 anos, após uma abordagem policial na comunidade do Areião, na zona oeste de São Paulo.

De acordo com informações de moradores da localidade, David foi visto na redondeza na quinta-feira (23) e no sábado (25). Ele desapareceu depois que policiais militares o abordaram e o colocaram no banco de trás da viatura policial. Depois de algumas horas após a abordagem, David apareceu bastante lesionado com diversos disparos de arma de fogo.

Ele chegou a receber atendimento médico em um hospital público, mas por conta da gravidade das feridas acabou não resistindo e morreu.

Após a notícia da morte, muitos moradores continuaram a se manifestar sobre o ocorrido. Muitos descumpriram as medidas de isolamento social e foram às ruas protestar e pedir justiça.

No dia do sumiço de David, familiares informaram que ele foi até a viela da comunidade pegar um lanche que ia chegar pelo serviço de entrega.

Por questões de segurança, nenhum policial militar envolvido na ocorrência teve a identidade revelada. No momento, os militares estão afastados das ruas.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!