Iniciando este novo ano, os cuidados com a saúde mental encontram-se deflagrados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Por conseguinte, no Brasil vem ocorrendo atividades da campanha “Janeiro Branco”, com o objetivo de cuidar da mente dos brasileiros. Segundo o site ostomais, o “Janeiro Branco” nasceu em 2014, em Minas Gerais, e espalhando-se por todo Brasil.

Neste período acontecem palestras, debates e outras atividades relacionadas a este assunto. Especialistas estimam que de cada 100 pessoas, pelo menos 30 delas sofrerão algum transtorno ligado à saúde mental, afirma o site ostomais.

Cultura de Saúde Mental

Contribuir para o fortalecimento da Cultura de Saúde Mental, estimulando políticas públicas também faz parte desse trabalho. Por outro lado, as festas de encerramento e de recomeço do ano são fatores que levaram à escolha de janeiro para cuidar e prevenir distúrbios, explica o site.

Em termos de ansiedade, no espectro da saúde, elevando a freqüência cardíaca, pela preocupação excessiva, o Brasil sustenta o título de país com maior número de pessoas estressadas e ansiosas da América Latina.

Informações da Organização Mundial de Saúde, afirmam que nos últimos dez anos, o número de pessoas depressivas subiu para 18,4% em todo o mundo. Este índice representa um contingente de 322 milhões de pessoas.

Depressão é o mal do século

Ainda sobre saúde mental no Brasil, conta o ostomais, que 5,8% de brasileiros sofrem deste problema, tornando o país a maior taxa do continente latino-americano. Já a depressão, é vista como uma das doenças psíquicas mais freqüentes e existente ao longo da história humana. Neste sentido, a OMS diz que ela é o mal do século.

A depressão, configura-se também, como distúrbio emocional que impinge profunda tristeza à pessoa acometida, além de causar desânimo e falta de apetite. É necessário ajuda médica para diagnóstico e tratamento. .

Ausência de saúde mental

Saúde mental não significa apenas ausência de doenças mentais, mas também manter a mente saudável, desempenhando bem suas funções, preconiza a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Lidar com as adversidades da vida e continuar contribuindo com a sociedade, também entram no conceito da OMS como bom estado psíquico.

A compreensão de que os seres humanos possuem limites e por isso não se deve cobrar perfeição, é característica de boa saúde da mente. Neste contexto está ainda, a compreensão de que a vida se constitui sob forma de diversas emoções como amor, esperança, alegria, tristeza, satisfação, frustração e raiva.

Este site ostomais aponta, que alguns transtornos mentais de uma pessoa estão relacionados com o sentir-se bem consigo mesma, seus familiares e amigos.

Compreender e aceitar os desafios da vida, modificando aquilo que for possível; tratar as emoções positivas ou negativas com equilíbrio autonomia, além de reconhecer o seu limite, buscando apoio profissional sempre que precisar.

Esse mesmo site acrescenta, que a cor branca para saúde da mente representa um espaço aonde um indivíduo escreve sua história de vida desprovida de preconceitos ou tabus.

Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!