Está previsto para esta quarta-feira (29) o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600, relativo à pandemia do coronavírus, para os beneficiários do Bolsa Família com o Número de Identificação Social (NIS) com final 9. O dinheiro estará disponível para saque com o cartão Bolsa Família nos terminais eletrônicos da Caixa Econômica Federal ou nas lotéricas e nos correspondentes bancários da Caixa. O dinheiro será depositado se o valor normal que o beneficiário recebia for inferior a essa quantia, portanto, não é um benefício a ser acumulado, nem necessita solicitação e inscrição prévia. Se o pagamento costuma ser efetuado em conta bancária, prosseguirá dessa forma.

São mais 1,9 milhão de pessoas a receber o dinheiro que ajudará a amenizar a crise econômica e social, consequências do novo vírus.

Bolsa Família mantém calendário oficial

Será a primeira parcela do auxílio emergencial para esse grupo de pessoas e o último a ser contemplado dentro do Bolsa Família. Os beneficiários do programa social números de 1 a 8 já estão com o dinheiro. Os depósitos começaram dia 18 de abril.

A segunda parcela, como a primeira, seguirá o calendário normal de pagamentos do Bolsa Família.

Além do Bolsa Família, começou o saque na poupança digital

Começou na terça-feira (28), o saque em dinheiro diretamente da poupança digital da Caixa e segue em etapas, de acordo com o mês de aniversário do requerente, evitando assim aglomerações e filas em agências bancárias ou lotéricas.

Quem recebe em conta corrente própria ou poupança, pode efetuar os saques, pagar boletos e contas, e ainda transferência para outros bancos, sem nenhuma restrição. O Caixa Tem, a conta digital também oferece essa opção de pagar contas e boletos.

As demais pessoas, que estão fora do Bolsa Família, mas que tem direito de receber a ajuda emergencial, prosseguem com os pedidos (se já não conseguiu) no aplicativo ou site da Caixa.

Muita gente está relatando dificuldades em utilizar o sistema e a demora para ter o dinheiro aprovado e liberado. Podem ocorrer problemas técnicos no sistema da Caixa ou ainda alguma divergência de dados da pessoa nos cadastros do Governo federal.

Desinformação gera tumulto em agências

O primeiro dia de saques do auxílio emergencial direto da conta eletrônica, na segunda-feira (27), foi marcado por desinformação, problemas no aplicativo e até bate-boca na porta de agências bancárias, de acordo com apuração do portal UOL Parte dos beneficiários desse grupo não sabiam da possibilidade de baixar o aplicativo Baixa Aqui e confirmar o cadastro via e-mail e ainda aguardar a data de liberação de acordo com o calendário oficial, que segue o mês do aniversário do beneficiário.

Por conta da falta de informação correta, beneficiários e funcionários da Caixa acabaram se envolvendo em discussões e reclamações nas agências.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!