Em meio à pandemia do novo coronavírus em todo o mundo, alunos da China voltaram às escolas nesta segunda-feira (11). Em Pequim, os alunos estão usando uma pulseira eletrônica. Esse equipamento permite conferir o estado de Saúde de cada um. Alertas são emitidos em caso de febre, por exemplo.

Aqueles alunos que apresentarem febre, os professores deverão comunicar autoridades policiais sobre o respectivo caso, pois esse é um dos sinais do contágio da doença.

Além do equipamento de alerta de febre, os alunos estão sendo obrigados a utilizar máscaras. O utensílio não coíbe o contágio da doença, mas autoridades sanitárias informam que reforçam a segurança.

China e coronavírus

Indicativos apontam a China como país de origem do coronavírus. Mesmo tendo a maior população mundial, autoridades governamentais estão conseguindo controlar a doença e salvar as pessoas que apresentam o contágio do vírus. Ao longo do período de pandemia, foram registrados 4.633 mortes e 82.918 casos confirmados.

Impactos do coronavírus no Brasil

Um estudo da Universidade de Tecnologia e Design de Singapura aponta que a doença irá ser controlada no Brasil a partir do mês de novembro. Os pesquisadores chegaram a este resultado após coletarem dados a respeito da evolução da doença no país.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!