Nas redes sociais, circula nos últimos dias uma espécie de desafio, popularizado pela hashtag "#10YearChallenge" (Desafio dos 10 anos, em uma tradução loivre), onde os internautas publicam fotos atuais, comparando-as com imagens de uma década atrás, a fim de mostrar as mudanças sofridas durante este período.

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores, aproveitou a oportunidade para fazer uma crítica ao Governo de Jair Messias Bolsonaro, do Partido Social Liberal.

Por meio de sua conta oficial no Twitter, ele publicou uma montagem, com duas notícias: uma de 2009, e uma deste ano.

A primeira delas, apresenta o rosto do ex-presidente, juntamente com uma manchete da BBC. O título diz o seguinte: "Lula recebe prêmio da Unesco por incentivo à paz".

A segunda notícia, por sua vez, apresenta o rosto do atual presidente, Jair Bolsonaro, juntamente com uma recente notícia, publicada pelo portal G1, que traz a seguinte manchete: "Bolsonaro assina decreto que facilita posse de armas".

Veja a seguir a postagem de Lula da Silva

A postagem, como era de se esperar, causou grande repercussão nas redes sociais. Muitos estavam ao lado de Lula, fazendo várias menções positivas a seu mandato e criticando o atual governo.

Outros, porém, ironizaram o ex-presidente, declarando apoio ao decreto assinado por Bolsonaro e fazendo uma série de montagens que mostram o petista preso.

Lula está usando as redes sociais para se manifestar sobre o atual governo

O perfil oficial do ex-presidente Lula é gerido pelo instituto que leva seu nome. Nesta semana ele já foi usado em duas ocasiões para se manifestar diante do governo.

Ainda esta semana, após o presidente Jair Bolsonaro assinar o decreto que flexibiliza as regras para a posse de armas de fogo em território nacional, Lula também se dirigiu ao Twitter e, em sua postagem, afirmou que teria sido melhor oferecer à população livros e carteiras de trabalho assinadas, ao invés de armas. Este, inclusive, foi um dos slogans frequentemente repetidos ao longo da corrida eleitoral por parte do candidato do Partido dos Trabalhadores à presidência, Fernando Haddad.

Luiz Inácio Lula da Silva está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba, no Paraná. O ex-presidente da República está condenado pelos crimes deem corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ainda cabe recurso ao político.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Lava Jato
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!