A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (26) um projeto que prevê o pagamento de R$ 600 a trabalhadores informais por três meses em razão da pandemia do coronavírus. De acordo com o projeto, a mulher que for mãe e chefe de família irá receber um auxílio de R$ 1,2 mil. Na proposta inicial do governoa, os trabalhadores iriam receber R$ 200, mas esse medida foi alterada para o valor de R$ 600 pelos deputados. O texto agora segue para votação no Senado.

Ainda não há data para que essa medida seja colocada em vigor e nem quantas pessoas irão ser contempladas com o benefício.

Segundo estimativa da Instituição Fiscal Independente, ligada ao Senado, o impacto fiscal para a União com o auxílio será de R$ 43 bilhões durante os 3 meses.

O intuito desse projeto seria ajudar, principalmente, os autônomos. Pelo fato de muitos trabalhadores se encontrarem em quarentena, a maioria não tem uma outra fonte de renda para pagar as contas mensais.

Covid-19 e mortes no país

De acordo com dados apresentados pelo próprio Ministério de Saúde, o Brasil tem 77 mortes e 2.915 casos confirmados de novo coronavírus. A maioria dessas mortes estão concentradas nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

EUA e China

Apesar do Brasil ter 77 mortes confirmadas pela covid-19, Estados Unidos e China são os atuais países que lideram o número de casos confirmados de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus.

Os governantes americanos apresentaram dados sobre as mortes devido ao avanço da covid-19. Até o presente momento, o país tem mais de 82 mil casos confirmados, seguido da China, que apresenta o número de 81 mil.

Tem previsão para acabar com o vírus?

Atualmente, grande parte dos países se encontra em situação de quarentena. O presidente da China, Xi Jinping, informou que o país está trabalhando para a criação de métodos para coibir o avanço do vírus em todo mundo, mas não deu previsão de quando isso poderá acontecer.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, informou por meio de veículos de comunicação a volta da atividade profissional em todo o país. Até o presente momento, muitas empresas continuam seguindo o protocolo de quarentena proposto pelo Ministério da Saúde.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!