O Plano do Ministério da Saúde prevê que todas as escolas e universidades sejam mantidas fechadas no mês de abril, podendo ter o prolongamento até o mês de maio, caso o controle do vírus não seja possível.

Outras medidas para suprir a falta de ensino poderão ser tomadas, como trabalhos e aulas online. Essas são maneiras de fazer com que os alunos não percam parte do ano letivo em decorrência do covid-19. O grande objetivo dessa ação, é fazer com que as pessoas não fiquem aglomeradas em uma mesma sala de aula.

No momento, todas as escolas municipais e estaduais estão fechadas, incluindo as creches.

Sem previsão de retorno, muitos alunos estão de quarentena em casa aguardando informações sobre a normalidade nas próximas semanas.

Estabelecimentos comerciais fechados

Em Cuiabá, por conta da forte proliferação do covid-19, muitos logistas estão mantendo os estabelecimentos fechados. O atual governador, Pedro Taques, informou que essa medida de manter os estabelecimentos fechados é extremamente importante para que clientes não fiquem vulneráveis ao covid-19.

Os comerciantes que resolverem abrir os estabelecimentos, poderão ser punidos com multas. Alguns fiscais da prefeitura estão fazendo patrulha na cidade para identificar as lojas que estão abertas e aplicar a medida cabível. Os estabelecimentos como restaurantes poderão abrir normalmente, só que de portas fechadas e somente por delivery.

Ainda não foram emitidas notas relatando o número de lojistas que foram punidos com multas por descumprir ordens governamentais. Nenhuma informação nova foi apresentada até o fechamento dessa matéria.

Problemas

Com o avanço do covid-19, muitas pessoas estão sendo afetadas financeiramente com isso. Muitos trabalhadores que são autônomos precisam exercer suas funções diariamente, ação essa que não é possível, já que muitos comércios se encontram de portas fechadas.

Muitos motoristas que trabalham com aplicativo (Uber), informam que a plataforma limitou o tempo de disponibilidade.

De acordo com medidas de precauções da Uber, os motoristas não poderão aceder o horário de 12 horas por dia, tempo esse que não tinha limite antes da proliferação do vírus covid-19. A plataforma também orientou os motoristas a terem frascos de álcool em gel no carro para que os clientes possam usar.

Durante a viagem também foram adotados alguns critérios. Antes, os passageiros poderiam escolher se a viagem seria feita com o acionamento ou não do ar-condicionado. A Uber informou que todas as viagens deveram ser feitas com todos os vidros do carro abertos. Essa é uma forma para o ar circular dentro do carro, evitando que o motorista e passageiros sejam contaminados com o covid-19.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!