O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) se manifestou por meio das suas redes sociais que o atual presidente do Brasil estaria com o novo coronavírus. Pelas redes sociais, o parlamentar disse que Bolsonaro poderia entrar com um processo caso ele esteja errado.

De acordo com o deputado, o presidente “cometeu um crime” ao participar de manifestações em favor do governo no dia 15 de março. “Bolsonaro faz assim, eu estou afirmando que você pegou coronavírus e cometeu crime ao participar das Manifestações e mentiu para o povo. Se eu estiver errado, apresente o exame (verdadeiro) e me processe. Diga que estou errado sobre isso”, afirmou o parlamentar.

Sobre o caso apresentado, Bolsonaro ainda não se manifestou publicamente. Pelas redes sociais, muitos internautas estão compartilhando os argumentos do deputado Frota, com a intenção que o presidente mostre publicamente os exames feitos.

Bolsonaro e suspeitas

Após realizar diversas viagens internacionais, o atual presidente apresentou sintomas de que havia sido contagiado pelo coronavírus. Para eliminar quaisquer suspeitas, Bolsonaro acabou realizando diversos exames, onde, segundo ele, havia dado negativo.

Em uma entrevista, jornalistas perguntaram se o presidente estava realmente livre do vírus. Bolsonaro respondeu em tom de raiva e disse: “Eu estou bem, cara, tranquilo. E nunca tive problema não.

Já pensou que prato feito para a imprensa se eu tivesse infectado? Não estou. É a minha palavra. A minha palavra vale mais do que um pedaço de papel”.

Mesmo dando explicações que não foi contagiado, muitas pessoas ainda estão desacreditadas da palavra do presidente. Muitos querem ver os exames que comprovem que ele realmente não está contaminado.

Em decorrência de suspeitas, o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também realizou alguns exames já que ele teve contato direto com Bolsonaro durante uma reunião realizada nos Estados Unidos.

Através das mídias digitais, Donald Trump informou a população que os testes realizados por ele deram negativo.

Covid-19 e mortes

A proliferação do vírus está sendo bastante presente nos países desenvolvidos. Tendo a Itália como exemplo, o país está registrando mais de 700 mortes por dia. China e Estados Unidos também estão com número de suspeitos bastantes alarmantes.

De acordo com dados apresentados pelo próprio Ministério da Saúde, o Brasil registrou 77 mortes. Mesmo com esse número baixo, os profissionais da área da saúde continuam a aconselhar que todos permaneçam em quarentena e evitem locais de grande aglomerações, tendo como exemplo festas e casas de shows.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!