Neste último domingo (26), muitos atos pró-Bolsonaro foram registrados em toda parte do Brasil. Dentre os lugares de manifestações, Brasília, São Paulo e Belo Horizonte foram onde tiveram maiores movimentos a favor do presidente.

Os envolvidos no ato pró-Bolsonaro estavam vestidos com as cores da bandeira do Brasil e gritavam pelas ruas de Belo Horizonte declarando apoio às medidas tomadas pelo atual presidente da República. Com esse movimento, muitas pessoas que viram as pessoas nas ruas acabaram jogando ovos quando os manifestantes estavam chegando ao bairro de Lourdes, região nobre da capital mineira.

As pessoas que tacaram ovos não fugiram do local.

Mesmo com tamanho ato de represália sofrido por alguns manifestantes, o ato em favor das medidas adotadas por Bolsonaro continuaram acontecendo. Além da capital mineira, um ato similar também foi registrado na saída do Congresso Nacional. Em algumas regiões de São Paulo também foram registrados o ato.

Saída do governo

Neste ano de 2020, muitos integrantes da cúpula do Governo saíram ou foram demitidos por Bolsonaro. Dentre eles, estão o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, o diretor-chefe do comando da Polícia Federal, Maurício Valeixo, e Sergio Moro, que exercia a função de ministro da Justiça e Segurança Pública.

Diante da saída desses integrantes do governo neste ano de 2020, Bolsonaro tem seu nome citado por alguns outros políticos nas redes sociais de forma negativa.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem se posicionado sobre o caso em seu perfil pessoal no Twitter. Para o petista, Bolsonaro não está sabendo administrar o país durante a crise, sobretudo com a propagação da covid-19.

Outras preocupações

Além dos problemas envolvendo alguns integrantes do governo, Bolsonaro também tem se preocupado com os problemas relacionados ao novo coronavírus, doença essa que já afetou milhares de pessoas em todo o mundo.

De acordo com informações da OMS (Organização Mundial de Saúde), o coronavírus já matou mais de 200 mil pessoas e deixou quase 3 milhões com o vírus. O país mais afetado com o coronavírus é os Estados Unidos. Mais de 55 mil pessoas vieram a óbito durante esse período de quarentena.

O Brasil também apresenta números surpreendentes em razão da doença.

A OMS atualizou os dados, informando que mais de 4 mil pessoas morreram no pais. Para coibir que novos casos sejam confirmados, alguns governantes estão disponibilizando gratuitamente as máscaras cirúrgicas, já que o vírus também pode ser contraído pelo ar.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!