Durante um novo pronunciamento realizado no final da noite desta quarta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro informou sobre as medidas que ele está tomando referente à covid-19 e também sobre o recebimento da matéria-prima para hidroxicloroquina.

bolsonaro disse que o país irá receber da Índia, até o próximo sábado (11), a matéria-prima para produzir a hidroxicloroquina, remédio esse que será utilizado para tratamento experimental do novo coronavírus.

Covid-19 e consequências no país

Após o vírus se espalhar pelo país, muitas pessoas estão sem ter o que fazer para realizar o pagamento de contas e até mesmo das compras de alimentos mensais.

A maioria das pessoas que foram afetadas diretamente foram aquelas que trabalham como autônomas, tendo como exemplo os barbeiros, taxistas e vendedores ambulantes.

Essas pessoas relatam que a quarentena está fazendo com que muitas pessoas fiquem em casa, consequentemente, eles não têm clientes para vender os seus respectivos serviços. Diante desse problema, muitos autônomos estão fechando as lojas e até mesmo fazendo empréstimos em bancos para que as dívidas possam ser mantidas até que o país consiga controlar o coronavírus.

Ministério da Saúde

Por mais que o Brasil seja um dos países mais preocupados com a proliferação do novo coronavírus, agentes da saúde continuam usando as redes sociais para alertar parte da população brasileira que desacredita das consequências do vírus.

Muitas pessoas continuam exercendo normalmente as atividades profissionais, tendo como exemplo os motoristas de aplicativo, onde é possível notar muitos motoristas trabalhando em meio à pandemia, colocando sua vida e a de seus passageiros em risco.

Por isso, os agentes da saúde informaram algumas estratégias que podem ser colocadas em prática para que diminua as chances de contágio do vírus.

Eles aconselham utilizar luvas e máscaras quando for sair na rua. O uso do álcool em gel também está sendo recomendado, mas eles informam que o mais eficiente é lavar bem as mãos com água corrente e sabão.

Até o fechamento dessa matéria, o Brasil registrou cerca de 822 mortes. Esses números poderão sofrer uma alteração nas próximas horas, tendo em vista que existem muitas pessoas aguardando os exames para saber se tiveram o contágio do vírus.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!