Mediante aos problemas da covid-19 no país, a ex-presidente, Dilma Rousseff (PT), se posicionou sobre os problemas envolvendo a má administração do atual presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido).

"Eu poderia ficar batendo panela, só que eu te digo, essa não é a minha forma de luta", comentou Dilma. ''O atual presidente pretende atribuir aos governadores tanto as mortes com uma fome, o que é um total escândalo'', finalizou.

Além da Dilma, o também ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), também mostra sua indignação perante as atitudes de Jair Bolsonaro.

Até o fechamento dessa matéria, o atual presidente ainda não se posicionou sobre as críticas proferidas a ele.

Bolsonaro e covid-19

Antes da proliferação da covid-10 no país, o atual presidente, Jair Messias Bolsonaro, realizou diversas viagens ao exterior. Quando retornou ao país, apresentou alguns sintomas do novo vírus. Mediante a isso, profissionais da saúde aconselharam o chefe do executivo a realizar exames para detectar se houve o contágio. O parlamentar realizou os exames, onde informou que tudo não passou de um susto.

Donald Trump, presidente dos Estado Unidos que teve contato direto do Bolsonaro também realizou o exame, já que havia uma certa suspeita. O republicano disse através das suas redes sociais que o teste feito deu negativo para o novo coronavírus.

Desde então, medidas para controlar o contágio no Brasil não foram tomadas por Bolsonaro.

Durante um pronunciamento através dos meio televisivos, o chefe do executivo afirmou que as atividades no país deveriam ser retomadas. Ele acabou sendo hostilizado nos redes sociais após comparar o coronavírus com uma simples ''gripezinha'' ou ''resfriadinho''.

Com isso, a Justiça internacional está processando Bolsonaro por estimular o contágio do vírus.

Polêmicas envolvendo Bolsonaro

Após dar seu parecer em relação ao cornavírus em meios televisivos, muitos brasileiros registram seu repúdio ao presidente quando o mesmo participa de algum pronunciamento através dos canais abertos de televisão.

'Panelaços' é a nova forma de manifestar contra as posições do atual presidente.

Recentemente, Bolsonaro entrou em uma nova polêmica. Após usar suas redes sociais pessoais para compartilhar um vídeo mostrando a revolta de uma professora mediante a paralisação das atividades trabalhistas, ele foi bastante questionado por ela. Segundo palavras ditas pela professora, após a circulação do vídeo pelas redes sociais, ela estaria sendo ameaçada de morte.

Em decorrência das ameaças, ela acabou perdendo alguns alunos, já que dava aula particular em casa. A respeito desse problema, Bolsonaro não informou o que iria fazer para evitar com que as ameaças continuassem.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!