Em meio à pandemia do novo coronavírus, o presidente da República Jair bolsonaro (sem partido) voltou a descumprir medidas de isolamento impostas pelo Ministério da Saúde.

Na manhã desta sexta-feira (10), o chefe do Executivo federal foi flagrado por alguns apoiadores andando nas ruas de Brasília depois de ir ao Hospital das Forças Armadas (HFA). Preocupados com a ida ao hospital, algumas pessoas e jornalistas questionaram o porquê do chefe do executivo ter ido na unidade hospitalar.

Sobre a visita ao HFA, Bolsonaro chegou a brincar com os jornalistas, dizendo que foi à unidade para fazer um teste de gravidez.

“Fui fazer teste de gravidez", diz Bolsonaro. No dia anterior, o atual presidente também desrespeitou as normas da quarentena, onde foi fotografado em uma padaria e posou para fotos.

Pronunciamento

Nesse período de mortes envolvendo o vírus, o chefe do Executivo tem realizado pronunciamentos semanais para se posicionar a respeito do problema que já atinge centenas de brasileiros.

Bolsonaro entende que esse período de quarentena é importante para evitar mais números de mortes, mas não é favorável para a economia do país. Segundo ele, nesse período de paralisação, muitas empresas e lojas estão deixando de produzir, consequentemente a economia do país deixa de funcionar. Diante disso, Bolsonaro está adotando um discurso da retomada de parte das atividades profissionais por pessoas que não de encontram no grupo de risco.

"Vai quebrar o país", disse o chefe do executivo em relação à economia durante algumas coletivas de imprensa.

Brasil

De acordo com as últimas atualizações do Ministério da Saúde, o país registou 974 mortes,18.397 de pessoas infectadas com o vírus e quase 200 pessoas curadas.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Maternidade
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!