Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, disse nessa sexta-feira (3), que a falta de entendimento em partes do Governo sobre o perigo da pandemia da Covid-19 está atrasando o planejamento do Ministério da Saúde. Ele disse ainda que o ministro Luiz Henrique Mandetta vem desempenhando vários alertas há muito tempo, que se tivessem sido seguidos devidamente, o Brasil se organizariam melhor.

Maia fez essas declarações durante uma videoconferência que tinha o intuito de discutir ações para diminuir os muitos impactos que a crise poderá trazer para o Brasil. Ainda, o parlamentar não especificou quais impactos seriam, mas, na opinião dele, vários setores do governo não entenderam ainda os riscos do novo coronavírus.

Nessa última quinta-feira (2), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) demonstrou explicitamente suas diferenças com o ministro da saúde Mandetta. O presidente disse que eles dois vem se “bicando” há um bom tempo. Bolsonaro demonstra abertamente ser contra o isolamento social para diminuir o contágio do vírus, que é uma das principais medidas que o ministro Mandetta defende.

Para Rodrigo Maia, falta que alguns setores do governo acreditem que os vários impactos seriam muito maiores. Segundo ele, seguindo o tema as informações já tinham sido chegadas e o ministro da saúde já tinha dado vários alertas, talvez as ações de todo o governo (Executivo e Legislativo), tivessem organizado melhor o processo de tratar os doentes.

Ele acha que alguns setores faltam acreditar que esses impactos seriam muito maiores. Na saúde, disse Maia, as coisas estão caminhando, porém, quando não se tem uma compreensão de todo o governo, isso atrasa um planejamento mais efetivo por parte do Ministério da Saúde.

Maia defende Mandetta

Rodrigo Maia na videoconferência defendeu o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta. Para o presidente da Câmara, Bolsonaro fez uma escolha muito pessoal quando colocou Mandetta na pasta da saúde.

Maia afirmou que o presidente da Republica está construindo um conflito com seu ministro da Saúde que não faz o menor sentido.

Rodrigo Maia afirma que, apesar das várias dificuldades de organizar tudo e ser “desautorizado” por Bolsonaro, Mandetta vem fazendo um trabalho fundamental baseado em bases científicas e dentro das determinações da OMS (Organização Mundial da Saúde).

O parlamentar disse que Bolsonaro não terá coragem de demitir o ministro da saúde e mudar a posição do ministério.

Para Maia, o presidente da República sentou num trono para ser o comentarista do seu próprio governo e atrapalha muito fazendo críticas ao ministro da Saúde. Ele disse que se Bolsonaro trocar o ministro, toda a política do ministério vai mudar, porque o presidente não está acreditando naquilo que Mandetta está fazendo. Ao mesmo tempo, lhe falta coragem de fazer isso e assim, fica numa situação dúbia.

Finalizando, afirmou, que Mandetta está sendo muito paciente em reafirmar a mesma posição toda hora, e não muda sua convicção por causa das críticas de Bolsonaro.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!