Na manhã deste sábado, 2, Jair Messias Bolsonaro (sem partido) usou suas redes sociais para se manifestar a respeito do depoimento de Sérgio Moro, que acontecerá neste sábado, e ainda aproveitou para dar uma entrevista coletiva na saída do Palácio da Alvorada.

"O Judas, que deporá, interferiu para que não se investigasse?", perguntou o presidente em sua postagem, referindo-se a Sérgio Moro. Bolsonaro ainda informou por meio de outras postagens que ficou descontente com a saída de Moro do cargo de ministro da Justiça e da Segurança.

O ex-juiz federal já se encontra em Curitiba para realizar alguns depoimentos na Polícia Federal a respeito do presidente da República e também de outros problemas que encontrou enquanto exercia as funções políticas.

Neste sábado, na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro informou que ninguém iria aplicar um golpe. "Ninguém vai fazer nada ao arrepio da Constituição, fiquem tranquilos", disse Bolsonaro. "Ninguém vai querer dar um golpe em cima de mim, não, podem ficar tranquilos", completou.

Todo o ato foi registrado por uma transmissão ao vivo que era realizada pelo Facebook do próprio chefe do executivo.

Jair Bolsonaro e o Governo

Com a saída de Moro do Governo, o presidente do Brasil tem informado que muitos parlamentares irão deixar ou até mesmo ser demitidos se não forem transparentes para com a população.

Bolsonaro usa as redes sociais para se posicionar sobre muitos problemas que estão sendo atribuídos a ele.

Recentemente, o presidente anunciou um boicote à Rede Globo de Televisão, pois entende que a emissora propaga notícias falsas.

Eduardo Bolsonaro

Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, também tem sido alvo de críticas nas redes sociais por ser favorável à decisão tomada pelo pai.

O deputado federal usou as redes sociais para informar que Daniel França, companheiro da deputada federal (PSL-SP) Joice Hasselmann, teria desviado verba pública com o consentimento do governador do estado do Rio de Janeiro.

Eduardo entende que Wilson Witzel está sendo conivente com o esquema do médico Daniel França. Mesmo não tendo provas para comprovar tal ato, o deputado federal informou que muitos esquemas estão sendo realizados. Joice Hasselmann entrou com um processo contra Eduardo Bolsonaro.

Renan Bolsonaro

Recentemente, o filho do presidente da República informou, por meio de uma plataforma digital, que a pandemia do coronavírus no Brasil não iria resultar em grandes problemas, e chegou a chamar o coronavírus de uma simples ''gripezinha'' e ''resfriadinho''.

Mesmas palavras usadas pelo pai durante uma coletiva de imprensa.

Com isso, o site acabou suspendendo a conta de Renan. Informações apontam que o jovem descumpriu diretrizes do site e expôs uma opinião de ódio.

Pelo Twitter, o filho do presidente se pronunciou e mostrou revolta a respeito do caso.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Sergio Moro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!