A jornalista Adriana Araújo irá deixar a Record TV no próximo mês de março. Segundo informações do colunista Sandro Nascimento, do site Na Telinha, a diretoria da emissora não pretende renovar a contrato com a funcionária, que foi por 14 anos âncora do "Jornal da Record" e deixou o posto em junho de 2020, após ter feito críticas ao Governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em sua rede social, pedindo mais transparência no combate à Covid-19. Segundo o colunista, a postagem incomodou o alto comando da emissora.

Ainda segundo Sandro Nascimento, a jornalista ir para a CNN Brasil, mas Adriana não falou nada sobre o assunto.

Após o episódio em junho passado, Adriana foi remanejada para apresentar o "Repórter Record Investigação". Segundo o colunista, já há um nome para substituir a jornalista à frente da atração. Nascimento afirma ainda que a âncora é benquista pelos colegas de redação e por lá o clima já é de despedida. Antes de passar pela Record TV, a jornalista trabalhou 11 anos na Rede Globo.

Segundo o colunista, um ponto que pode atrapalhar a negociação da jornalista com a CNN Brasil é o alto salário que ele tem atualmente na Record.

Adriana divulga dados e critica demora por parte do governo

Em junho de 2020, quando a pandemia estava no auge, causando muitas mortes por dia, Adriana gravou um vídeo para dizer que já estava a dois dias esperando pelas divulgações dos dados sobre quantas vítimas já tinham sido contabilizadas até o momento.

Em seguida ela alegou que estava fazendo a cobrança por se tratar de um assunto de interesse público e as pessoas deveriam saber o que está acontecendo no Brasil. Então ela noticiou que haviam morrido 1.473 pessoas vítimas da Covid-19 naquele período.

Adriana disse durante o vídeo também que naquele momento foi a única informação passada a ela sobre a situação do coronavírus no Brasil e ressaltou que os dados deveriam ser repassados com mais rapidez e o governo deveria agir com mais transparência.

A jornalista disse também que, por ser uma funcionária que atua na imprensa, sentia-se no dever de informar às pessoas em qualquer horário do dia, pois está todo mundo cansado e querendo que tudo passe logo.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!