O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse na última segunda-feira (19) que os brasileiros que votarem no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas Eleições presidenciais de 2022 merecem sofrer.

Em live realizada na última quinta-feira (15), Bolsonaro pediu para que seus apoiadores fizessem uma comparação entre os membros do seu governo e os do governo Lula. Em seguida, disse: "Agora veja qual vai ser o futuro do Brasil com o tipo de gente que ele vai trazer para dentro da Presidência".

O Supremo Tribunal Federal (STF) anulou as condenações contra o petista no âmbito da Lava Jato de Curitiba.

Sendo assim, Lula agora tem de volta seus direitos políticos e está livre para disputar as eleições de 2022.

Dentre as condenações está uma envolvendo um sítio em Atibaia (SP) e outra envolvendo um tríplex em Guarujá (SP). Por conta destes processos, Lula ficou mais de um ano preso.

Lula vence Bolsonaro no segundo turno

Com a possibilidade de Lula participar das próximas eleições, institutos de pesquisa foram às ruas medir as intenções de voto da população.

Pesquisa PoderData/Band divulgada na última quarta-feira (14) mostra que, se a eleição fosse hoje, Lula e Bolsonaro iriam para o segundo turno. Segundo o instituto, Lula ficaria com 52% dos votos, contra 34% de Bolsonaro.

O último candidato a disputar as eleições pelo PT foi o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, que chegou a disputar o segundo turno contra Bolsonaro.

Haddad recebeu o apoio de Lula, que na época estava cumprindo prisão, mas não conseguiu ser eleito. Sua candidatura foi cogitada mais uma vez para concorrer em 2022, mas ele disse que Lula é quem é o principal candidato do partido.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Lula
Seguir
Siga a página Eleições
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!