Chegou à Amazon Prime Video, nesta terça-feira (6), a primeira colaboração da Amazon Studios e a produtora Blumhouse, o filme "Black Box".

O projeto tem por objetivo lançar novos cineastas em produções que misturam suspense, terror e temas mais sombrios.

Emmanuel Osei-Kuffour Jr. é o diretor, e o roteiro é de Stephen Herman, Wayde Allain-Marcus e do próprio Osei-Kuffour Jr.

O filme é protagonizado por Mamoudou Athie –que está ótimo no filme. Ainda estão no elenco: Phylicia Rashad, Amanda Christine, Tosin Morohunfola, Charmaine Bingwa e Troy James.

A trama

Nolan (Athie) é um pai solteiro que vive com sua filha Ava (Amanda Christine).

O jovem fotografo tem problemas para lembrar de seu passado, pois ele sofreu um grave acidente de carro que tirou a vida de sua esposa e quase o levou à morte.

Seus lapsos de memória estão prejudicando sua vida familiar e profissional. Ele então ele visita seu melhor amigo, Gary (Tosin Morohunfola), ele é médico e sugere que Nolan consulte a Dra. Lilian Brooks (Phylicia Rashad).

Caixa preta

Nolan começa então o tratamento com a médica, que consiste em sessões de hipnose em que é usado um equipamento chamado de caixa preta, que promete acessar o subconsciente das pessoas para restaurar memórias perdidas.

Talvez o equipamento que dê nome ao filme seja uma referência à caixa de Pandora da mitologia grega, pois o protagonista ao fazer uso do equipamento, acaba tendo que enfrentar uma estranha criatura que está em seu subconsciente.

A trama se incia com o dia a dia do protagonista em processo de recuperação e para isso ele conta com a ajuda de sua filha Ava, brilhantemente interpretada pela atriz mirim Amanda Christine, é quase impossível não se encantar com a criança mandona que cuida do pai.

A química entre Athie e Christine é um dos maiores acertos da produção.

A opção por mostrar desde o início o protagonista tentando se recuperar de suas perdas, e sem dar muitas informações do que aconteceu, faz com que o público se conecte de uma maneira maior com o personagem.

Influências

A Blumhouse é a mesma produtora que lançou em 2017 o excelente "Corra!" (Get Out).

Assim como o filme de Jordan Peele, "Black Box" também tem um elenco composto quase que totalmente por atores negros, além de também apresentar uma viagem ao subconsciente de seu protagonista.

Black Mirror

Outra semelhança que pode ser enxergada no longa-metragem é com a série da Netflix "Black Mirror". A mistura entre drama, suspense e ficção científica é feita de maneira equilibrada.

Outro destaque do filme é Phylicia Rashad que convence com sua "cientista louca" disposta a tudo para conseguir seus objetivos.

O filme tem roteiro inteligente que resolve todas as suas questões de maneira satisfatória. Depois da conclusão, "Black Box" mostra um epílogo dispensável que não acrescentou em nada à obra, mas nem esse exagero fez com que deixasse de ser uma experiência agradável assistir à produção.

Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Siga a página Opinião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!