O Governo do Estado de São Paulo divulgou, neste domingo (12), as estatísticas da Covid-19. Até o momento, foram registrados 588 óbitos com 8.755 casos confirmados. As estatísticas são preocupantes. O estado possui 645 municípios; um em cada quatro apresenta um caso confirmado da doença, segundo a Secretaria de Saúde.

No total, são 162 cidades que apresentam um caso, o que representa um crescimento de 63,6% em uma semana.

Só neste domingo, de acordo com o balanço da Saúde, foram registradas 28 mortes. O balanço mostra que dos 588 óbitos, 339 são homens e 249 mulheres –73,4% dos óbitos são de pessoas com 60 anos ou mais.

Inteligente

Para estimular as pessoas ao isolamento social, o governo paulista lançou um sistema de monitoramento inteligente, denominado (Simi-SP). As autoridades sanitárias paulistas dizem 70% é o percentual adequado do isolamento social, mas o índice chegou a 55% no sábado (11).

O médico infectologista que integra a equipe de combate à Covid-19 em São Paulo, David Uip, traz uma informação preocupante se os índices não forem atingidos. A rede hospitalar não será suficiente para atender aos pacientes de coronavírus.

Como funciona?

A central de inteligência adotada pelo governo de São Paulo funciona assim: por intermédio da análise de dados telefônicos há um indicativo do deslocamento dos indivíduos.

Nesse sistema, é possível detectar em quais regiões a adesão à quarentena é maior.

Com o apoio das prefeituras, é possível otimizar campanhas de estímulo e conscientização ao isolamento social.

O Simi conta com a adesão das principais operadores de telefonia celular do Brasil. O governo do Estado enfatiza que o monitoramento não fere a privacidade do cidadão.

A partir desta segunda-feira (13) qualquer pessoa pode consultar o índice de isolamento, que estará disponível no site: saopaulo.sp.gov.br/Coronavirus.

Esse sistema é atualizado diariamente, com informações de cidades paulistas a partir de 30 mil habitantes.

Coronavírus no Brasil

O Ministério da Saúde divulgou, na tarde deste domingo (12), os casos de coronavírus no Brasil. O número de mortes chegou a 1.223. Já o número de infectados atingiu 22.169.

São Paulo lidera o ranking de mortes, com 588. O Rio de Janeiro é o segundo, com 170 óbitos.

O Ceará apresenta 74 mortes e o Amazonas atinge 62 óbitos.

O Distrito Federal apresenta 14 mortes na região Centro-Oeste do Brasil. No Sul, o Paraná apresenta 30 mortes com 738 casos, o que representa o maior número de mortes para o estado. Por sua vez, o Rio Grande do Sul registra o menor número de casos da região. São 653, de acordo com a estatística divulgada pelo Ministério da Saúde. Santa Catarina tem 768 casos.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!