Em meio ao caos provocado pela covid-19, muitas famílias estão sendo afetadas diretamente, tendo em vista que muitas trabalham de forma autônoma. Devido a esse e outros problemas, atitudes solidárias estão sendo realizadas em toda parte do Brasil. Policiais Militares de Fortaleza também participaram desse ato humanitário.

De acordo com informações cedidas pelo G1, nesse período de pandemia da covid-19, cerca mais de uma tonelada de alimentos foram distribuídas para famílias necessitadas. A maioria dos alimentos vieram de doações de empresas privadas e também com a colaboração de alguns moradores.

Os primeiro grupos de beneficiários correspondem a crianças e idosos que possuem um cadastro na unidade policial e fazem parte de projetos do 18º BPM, como o 'Lutando pela Paz', 'Jogadores da Paz', 'Entre Peças e Cordas', 'Clube da Melhor Idade' e o 'Grupo de Infantes Guerreiros da Paz'.

O ato de solidariedade irá se estender até que a pandemia da covid-19 seja controlada no país.

Atitude de solidariedade similar

Um outro ato de solidariedade foi registrado no estado Minas Gerias, Belo Horizonte. De acordo com informações, algumas pessoas estão realizando movimentos em comunidades carentes. As lideranças responsáveis pelo ato humanitário fazem o mapeamento das famílias vulneráveis, repassam as dicas de higienização e também ajudam alguns moradores que estão passando por dificuldades em relação a alimentação, onde algumas cestas básicas estão sendo montadas e sendo distribuídas para algumas famílias.

O presidente do movimento identificado como Francis Henrique argumentou sobre o ato solidário, dizendo: "As ações nesse período de pandemia são importantes para que famílias tenham condições de permanecer em casa e não correr o risco de serem contagiadas com o vírus'', afirmou. Além disso, ele ressaltou o avanço do vírus em áreas mais carentes.

Vírus

A covid-19 está mudando a vida de muitos brasileiros, principalmente aqueles que trabalham com renda autônoma. Pelo fato da paralisação de parte das atividades profissionais em relação ao vírus, muitas pessoas estão passando por dificuldades financeiras.

Diante disso, o atual presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), sancionou uma lei para beneficiar esses trabalhadores.

O auxílio é de R$ 600 podendo chegar em até R$ 1200. O benefício já está sendo disponibilizado para quem realizou o cadastro.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!