Nesta segunda-feira (6), a Rede Bahia, afiliada da Rede Globo, demitiu 40 jornalistas que faziam parte de seus canais. Dentre as pessoas demitidas, uma delas chamou a atenção pelo fato de ter xingado o presidente Jair Messias Bolsonaro nas redes sociais.

A jornalista Priscila Guedes, ex-âncora da “BATV” no Vale do São Francisco, postou em sua conta do Instagram uma foto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso desde o ano passado. Na legenda da foto, ela escreveu: “Bolsonaro é o c***, Lula livre, p**!”.

Segundo as regras da Rede Globo, não é permitido nenhum jornalista fazer manifestação de posicionamento político nas redes sociais, mas, Priscila aproveitou a demissão e resolveu xingar o presidente, mostrando que defende a liberdade de Lula e não concorda com a sua prisão.

O posicionamento de Priscila foi expressado em seu Stories do Instagram na noite do mesmo dia em que foi demitida. Após a publicação, a jornalista foi bombardeada de comentários de internautas que concordaram com seu posicionamento. Entretanto, muitas pessoas criticaram a postura da jornalista e ao rebater alguns comentários provocativos, Priscila respondeu: “vá se lascar”.

Jornalista posta foto com mensagem de despedida

A ex-âncora da "BATV" postou nas redes sociais uma foto em que ela aparece no estúdio da emissora, acompanhada de uma mensagem de despedida.

Na mensagem, a jornalista fez questão de prestar agradecimentos aos colegas que trabalharam com ela e critica as dificuldades que enfrentou no local de trabalho.

“Tive grandes profissionais, grandes amigos e companheiros do dia a dia, dos perrengues… E que perrengues! A gente devia ganhar por insalubridade”, escreveu a jornalista.

Após a demissão, além de xingar Bolsonaro, a jornalista aproveitou para fazer críticas em relação às condições de trabalho e mostrou indignação por não ter se despedido dos telespectadores da forma como desejaria, pois ela não foi avisada de que seria seu último dia como âncora do jornal.

Ao ver a repercussão que sua publicação causou, Priscila voltou às redes sociais e escreveu que lamentava o fato dela e de seus colegas de trabalho terem virado notícia após a demissão.

TV Bahia enfrenta crise de audiência

Os 40 funcionários da TV Bahia foram demitidos nesta semana, porque a Rede Bahia enfrenta um período de crise de audiência.

Cerca de 120 funcionários já foram demitidos desde a semana passada pela emissora, isto porque foi registrado no balanço de 2018 um prejuízo que tem preocupado a cúpula da Rede Globo, no Rio de Janeiro. No início do ano de 2018, a Rede Globo teve uma queda na audiência, perdendo para a TV Itapoan, afiliada da Record TV, no horário entre 7h e 23h.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Siga a página Lula
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!